//
Início

Último Post

Tempo de perseguições e altivez

(Publicado no Jornal Pessoal 651, de março de 2018) Ao morrer, em janeiro deste ano, às vésperas de completar 87 anos, Carlos Heitor Cony era um dos escritores brasileiros mais produtivos de todos os tempos. Sua obra inclui acima de duas centenas de títulos. É o que computa a sua bibliografia, preparada pela Academia Brasileira … Continuar lendo