//
Início

Último Post

Cabeça cortada

Depois do golpe de 1964, os militares pediram as cabeças de dois comunistas que escreviam editoriais em dois dos maiores jornais do país. Ambos – O Estado de S. Paulo e O Globo – apoiaram a deposição pela força das armas do presidente constitucional do país, João Goulart. Mas nem Júlio de Mesquita  entregou o … Continuar lendo