//
você está lendo...
Economia, Política

Como é pequeno o grande Pará!

A receita total da União prevista para 2015 aumentou 21,2 bilhões de reais. Passou dos R$ 1,45 trilhão na proposta original do governo para R$ 1,47 trilhão, conforme o relatório de reestimativa da arrecadação federal para o próximo ano, apresentada hoje pela Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional e a ser definida na próxima semana.

Para se ter uma ideia da grandeza do Pará, esses R$ 21 bilhões a mais na arrecadação da União (1,5% do total) correspondem exatamente a todo o orçamento do Estado proposto pelo governo para 2015, dos quais apenas R$ 1,9 bilhão para investimento (despesas de pessoal consumirão R$ 11,7 bilhões).

Dos R$ 21,2 bilhões de acréscimo na receita prevista pela União, R$ 2,5 bilhões serão transferidos para Estados e municípios, através dos fundos de participação e outras obrigações legais. A União ficará com R$ 18,7 bilhões, depois das deduções.

O senador Romero Jucá, do PMDB, que é líder do governo, anunciou, na semana passada, que serão destinados R$ 3,9 bilhões para os Estados, como fomento às exportações (Lei Kandir), já que (ou apesar de) a proposta orçamentária do Executivo não programou recursos para essa ação. É a maior receita extra do Pará, mas que não compensa o que deixa de arrecadar nas exportações desoneradas de qualquer tributação pelas commodities.

O PIB brasileiro foi projetado para o próximo ano em R$ 5,6 trilhões, numa reestimativa de crescimento de 3% para 2%.

O Brasil encolhe. O Pará já está encolhido.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: