//
você está lendo...
Energia, Imprensa

Basta!

A campanha contra a Celpa foi manchete em O Liberal de ontem e de hoje. Primeiro de forma indireta, através da nova tarifa aplicada pela Aneel, a agência federal do setor elétrico, com repercussão local. Neste domingo, de forma direta: “Celpa obriga o consumidor a pagar instalação de medidor”, anuncia a primeira página do jornal.

O Liberal prestaria um excelente serviço à população se preparasse uma equipe de repórteres para ouvir as queixas da população, fazer ronda nos órgãos públicos que tratam do problema, inventariar as ações na justiça e penetrar nos labirintos do processo de recuperação judicial, além de manter um acompanhamento rigoroso da evolução do novo controlador, a Equatorial Energia, à frente da ex-estatal paraense.

Ao invés disso, o jornal acolhe sem qualquer critério ou rigor tudo que diz respeito à conta de luz, de forma negativa, sensacionalista, para bater, coagir e impor a vontade de Romulo Maiorana Júnior. Ele simplesmente não quer pagar sua conta de luz.

Essa conta, que tem um débito acumulado de 20 milhões de reais e aumenta R$ 700 mil por mês, abrange 150 unidades consumidoras, que vão desde as instalações do jornal, da televisão e de outros negócios das Organizações Romulo Maiorana, até residências luxuosas, como a do próprio Romulo Júnior.

Se a Celpa concordar em transformar seu crédito em permuta, promovendo uma hemorragia de publicidade nos veículos das ORM, a campanha cessará. Como num passe de mágica, o mesmo que beneficiou a Celpa mais de 10 anos atrás, e também o Banco da Amazônia e a Vale, a empresa passará a ser exemplar. Nunca mais uma crítica perturbará essas relações celestiais. Ou alguém constata um tisnar de tinta vermelha sobre a Vale, que oferta anúncios sem fim ao grupo Liberal?

Ao insistir na campanha, com a qual anunciou que irá quebrar a Celpa se ela não se dobrar aos seus interesses e caprichos, Romulo Júnior pensa que o universo está contido no seu umbigo e que ele, retornando a antes da revolução francesa, é o rei-sol do Pará, com poderes absolutos. É um estado mental clássico nos tratados de quem o estuda. Mas o Pará não é um divã.

Chega de molecagem. Ao jornalismo crítico e sério, de verdadeiro interesse público.

Discussão

3 comentários sobre “Basta!

  1. A CELPA foi privatizada por um governo parceiro dos maiorana numa transação obscura sem nenhuma crítica do grupo LIBERAL. Faz todo sentido portanto acusar esse grupo empresarial chantagem. Parabéns ao artigo do lúcio Flávio por colocar o debate no seu devido lugar.

    Curtir

    Publicado por francisco almeida | 29 de dezembro de 2014, 11:25
  2. Lucio Flavio, mais é a pura verdade. Você, como consumidor, assim como, que é, vai ter que pagar pela instalação do novo medidor, contra fatos, não há argumentos. Não deixe que a viloência perpetrada pelos donos do Liberal em Vossa Senhoria lhe furte a consciência. Ninguém é santo nessa história!

    Curtir

    Publicado por Fernando Fernandes | 30 de dezembro de 2014, 17:38

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: