//
você está lendo...
Energia, Grandes Projetos, Hidrelétricas

Energia problemática

A hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará, devia começar a transferir energia para o sudeste do país dentro de cinco dias. A data estabelecida no contrato de concessão era 28 de fevereiro de 2015, mas a obra está atrasada pelo menos um ano.

Pior do que esse atraso na geração, é o que acontece na linha de transmissão de energia, que ainda nem obteve a licença ambiental para começar a ser construída. No pique, ela deverá escoar seis mil megawatts para a região mais desenvolvida do país.

As obras das hidrelétricas na Amazônia são problemáticas e, por isso, sempre sujeitas a atraso. Seu impacto socioambiental, mal avaliado em regra, é questionado e as críticas levam a atos hostis, como a ocupação do canteiro de obras e a paralisação dos trabalhos. As linhas de transmissão, porém, são menos suscetíveis a esses incidentes.

No entanto, todas as linhas que deviam estar conectadas às outras três hidrelétricas novas da Amazônia estão com cronograma defasado. A desconexão entre o início da geração de energia e a sua transmissão, mais do que um problema de prazo, é um complicador de custo.

A primeira das linhas de Belo Monte, com 1.854 quilômetros, está prevista para 1,3 bilhão de reais. Provavelmente suas dificuldades não são apenas de licenciamento ambiental: devem ter relação também com o seu orçamento, provavelmente já defasado.

Pode ser a mesma a condicionante das usinas de Jirau e Santo Antonio, no rio Madeira, e de Teles Pires, na bacia do Tapajós, que não conseguem dar vazão à sua produção de energia, especialmente as hidrelétricas de Rondônia, que são de grande porte e estão em motorização acelerada. As quatro usinas têm capacidade instalada de quase 20 mil megawatts, energia cara, pelos acréscimos durante a construção e pelos efeitos negativos que provocam, e que faz falta ao país.

Discussão

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: Energia problemática | BLOGH - 24 de fevereiro de 2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: