//
você está lendo...
Política

Jader: do zero ao 80

O senador Jader Barbalho diz que a sua relação com a corrupção na Petrobrás é zero. Talvez seja verdade. O único elo possível dele com a organização criminosa formada na estatal é tênue: a presença do lobista Jorge Luz em certa intermediação.Paraense de nascimento, mas criado no Rio de Janeiro, Luz foi presença nos bastidores da transição de Jader para Carlos Santos, seu vice, no final do seu segundo mandato. Jader se desincompatibilizou para concorrer ao Senado e Carlos assumiu o governo por nove meses.

Mas não é zero a presença de Jader no setor elétrico. Como não é zero, muitíssimo contrário, a influência do ex-presidente José Sarney e de seus protegidos, Édison Lobão e Silas Rondeau. Eles formam um núcleo que atuou sobre a Eletrobrás e a Eletronorte, e está conectada ao desvio de dinheiro da obra da hidrelétrica de Belo Monte para financiar, pelo caixa 2, as campanhas do PT e do PMDB nas eleições de 2010 e 2014. Pode ser que Jader Barbalho tenha recebido parte dos recursos.

Sintomático dessa engrenagem foi a reação do ex-ministro Antonio Palocci de integrar um triângulo, com Rondeau e a ex-ministra Erenice Guerra, que comandava o esquema de corrupção em Belo Monte, a maior obra do PAC, com custo de 32 bilhões de reais. Em nota, ele disse que o senador Delcídio do Amaral deve ter feito referência a outra pessoa.

Ela deve ser seu irmão, o diretor de Planejamento e Engenharia da Eletronorte, Adhemar Palocci. afastado de suas funções quando seu nome foi citado na delação premiada de Dalton Avancini, ex-presidente da Camargo Corrêa, como alguém com “algum envolvimento com o recebimento das propinas” nas obras de Belo Monte. Ele era diretor e eminência parda na Eletronorte há vários anos, com todo suporte do PT. Sarney e Jader dividiam a outra área da Eletronorte.

Discussão

8 comentários sobre “Jader: do zero ao 80

  1. O senador Jader Barbalho diz que a sua relação com a corrupção na Petrobrás é zero. Talvez seja mentira.
    Pode ser que Jader Barbalho tenha recebido parte dos recursos. É pode ser.
    É o que acusam tres personagens da Lava Jato que optaram pela delação premiada: Nestor Cerveró, Fernando – Baiano – Soares e o senador Delcidio do Amaral (PT-MS).
    O pior cego é aquele que não quer ver…
    Triste…

    Curtir

    Publicado por José farias | 16 de março de 2016, 08:51
  2. Sobre o pior cego…

    O ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró disse em seu acordo de delação premiada que pagou US$ 6 milhões em propina ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e ao senador Jader Barbalho (PMDB-PA).

    O senador petista Delcídio do Amaral (MS), preso desde 25 de novembro, também teria sido destinatário de outros US$ 2 milhões, conforme Cerveró.

    Os pagamentos não viriam de uma única obra, mas de um emaranhado de propina arrecadada em vários contratos da diretoria internacional, de acordo com Cerveró.

    Esta é uma noticisa da Folha de São Paulo, não do Liberal…
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/12/1720022-cervero-afirma-em-delacao-que-pagou-propina-a-renan-jader-e-delcidio.shtml

    Curtir

    Publicado por José farias | 16 de março de 2016, 09:38
    • Veja só, caro José: em ambos os casos (apreciados por este blog e pelo JP nas datas respectivas, conforme você poderá comprovar) a informação foi vaga. Falam em números dados aos dois sem especificar quanto a cada um e em que condições. Não houve detalhamento a respeito nas delações e depoimentos seguintes. Conforme analisei na época (logo, não me omiti nem deixei passar em branco o tema; renovo a sugestão de fazer a pesquisa no Google: Lúcio Flávio Pinto versus Jader Barbalho), o único elo possível entre Jader e o petrolão é o Luz, Mas, ao que parece, exceto se essa investigação está sendo feita em sigilo, ainda não quebrado pela imprensa, a pista mais forte é com Belo Monte e a Eletronorte. Se não me engano, o Fernando Baiano disse que entregou dinheiro pessoalmente a Jader. Nunca esse foi o método dele, conforme já mostrei diversas vezes, desde 1984.

      Curtir

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 16 de março de 2016, 15:05
  3. Merece ZERO que diz que o Jáder pode ser ZERO em qualquer esquema de propina. O Barbalho sempre tira 10 com louvou nesse quesito. A história taí. Pra quem enxerga e até pra quem não quer ver…

    Curtir

    Publicado por João Augusto | 16 de março de 2016, 10:00
  4. O Lúcio não me tem como dos seus leitores mais simpáticos, e eu também tenho sérias restrições quanto ao posicionamento político dele, mas entendo que, nesse caso, ele tem razão e não está sendo parcial, pró -Jáder . Lúcio sabe não é bobo, e todos nós sabemos que o senador paraense, desde que, há trinta anos atrás, assumiu o Ministério da Reforma Agrária, tem se envolvido em inúmeras mutretas, falcatruas e irregularidades. Mas o Lúcio foi bem claro:no âmbito da Lava-Jato, sua participação tem que ser demonstrada de uma maneira mais evidente; ademais, Lúcio fez menção às evidentes ligações “barbalhistas” ao setor elétrico, e suas possíveis conexões com o PAC através de Belo Monte, com os parceiros Sarney e Silas Roundeau, não descartando, por completo, a possibilidade de envolvimento do senador. Então, penso que o jornalista analisou prudentemente, sem precipitação, como deve ser. Não gosto nem um pouco do senador paraense, e acho-o, como bem frisou o Lúcio há alguns anos atrás, no Jornal Pessoal, o mais nocivo político daqui; mas não posso condená-lo antecipadamente, num julgamento tendencioso, pois depois posso me contradizer, requerendo ampla defesa e direito ao contraditório aos do meu lado, quando neguei essas prerrogativas aos desafetos. Como dizem por aí:”Muita calma nessa hora”.

    Curtir

    Publicado por cleber miranda | 16 de março de 2016, 13:11

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: Jader: do zero ao 80 | Amazônia Brasil Rádio Web - 16 de março de 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: