//
você está lendo...
Economia, Política

O dinheiro desviado

A Receita Federal informa que já recolheu mais de 13 bilhões de reais que lhe foram creditados por cidadãos que remeteram para o exterior dinheiro não declarado. Como essas pessoas pagarão 30% (15% de imposto de renda e 15% de multa) sobre o total, a conclusão é de que eles desviaram ao redor de 45 bilhões de reais. Para se ter uma ideia, é o dobro da receita prevista do Estado para este ano, com a qual manterá 80 mil funcionários, toda a máquina pública e realizará investimentos para mais de oito milhões de pessoas.

A tentativa de mudar a lei de repatriação do dinheiro que saiu ilicitamente do país fracassou na tentativa, considerada a derradeira, realizada ontem na Câmara dos Deputados. O problema é que a União só quer dividir a renda do imposto e da multa sobre a legalização dos recursos que reingressarão no país quando o valor alcançar R$ 25 bilhões. Estados e municípios querem diminuir esse limite para R$ 15 bilhões. A partir daí, 51% ficarão com a União, 24,5% com os municípios, 21,5% com os Estados e 3% com as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

O governo federal endureceu porque o que ele acha que pode arrecadar chegou perto da meta reivindicada por Estados e municípios, de R$ 15 bilhões, A partir daí, a evolução dependeria de novas vantagens que pudessem ser introduzidas na lei da repatriação para favorecer os fraudadores (incluindo então os polítios). Se não houver acordo e a vigência do benefício se encerrar no próximo dia 31, como estava previsto, o melhor que a nação pode conseguir é a lista desses bilionários e quanto coube a cada um.

Se a informação for sonegada ao conhecimento da sociedade, uma boa iniciativa seria roubá-la. Foi o que o cartunista e escritor Jules Feiffer recomendou quando o presidente Richard Nixon mentia sobre o escândalo de Watergate, no qual se atolou, tndo que renunciar para não sofrer impeachment, no início dos anos 1970: “se você quer uma mentira, vá a uma entrevista coletiva. Se quiser uma verdade, roube-a”,

Frase de muita utilidade para o Brasil de hoje.

Discussão

Um comentário sobre “O dinheiro desviado

  1. Como sempre o governo federal querendo controlar tudo o que pode para justificar a existência da máquina ineficiente de Brasília. É o famoso federalismo as avessas. Além de roubar as informações escondidas, precisamos também resgatar o poder das decisões, para que elas fiquem o mais próximo possível da população.

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 18 de outubro de 2016, 18:19

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: