//
você está lendo...
Cidades, Política

Quem venceu?

Zenaldo Coutinho vai continuar por mais quatro anos como prefeito de Belém. Os rojões já estouram pela cidade comemorando a façanha. Não a vitória em si, que foi demasiadamente magra. Mas a reversão das expectativas iniciais, segundo as quais o tucano seria o primeiro a não conseguir um segundo mandato consecutivo no comando da capital paraense, depois que Edmilson Rodrigues e Duciomar Costa obtiveram a reeleição. A regra não foi quebrada.

É uma regra ruim. Imaginar que por quase um quarto de século Belém terá permanecido nas mãos de três políticos do nível de Edmilson, Duciomar e Zenaldo é de doer. Os seus antecessores não estiveram muito acima da média medíocre que eles representaram, mas pelo menos ao fim de quatro anos o povo lhes deu o devido cartão vermelho. Agora está sendo obrigado a repisar os nomes entre o “menos pior” e o “mais pior”.

O duelo principal na corrida eleitoral se travou entre um prefeito no cargo que iludiu a população com a velha e já desgastada imagem dos tucanos como verdadeiros homens públicos, republicanos e competentes. Pessoal de linguagem escorreita (mas cheia de pleonasmos) e prática elitista. Contra um demagogo segundo o velhíssimo recorte de um discurso ideológico vazio e de fórmulas prontas que o tempo se encarregou de envelhecer.

Muita promessa disso e daquilo, conforme a capacidade inventiva dos marqueteiros, mas nem mesmo um arremedo de maior estatura para descortinar a situação de uma capital que já não comanda os seus jurisdicionados. Sequer é capaz de enfrentar seus maior desafio, que é a progressão de uma distância enorme a separar os afortunados da elite dos enjeitados da economia formal, condenados a uma predação periférica que joga para a estratosfera a tensão violenta no dia a dia da cidade.

O que Zenaldo e Edmilson representam e a disputa acirrada entre eles só faz lembrar o velho e sábio Machado de Assis: ao vencedor, as batatas.

Discussão

16 comentários sobre “Quem venceu?

  1. Vou responder quem venceu: o PSDB. Seu projeto político de se manter no poder local até pelo menos 2030 continua a todo vapor.

    Curtir

    Publicado por Jonathan | 30 de outubro de 2016, 18:01
  2. Fico a me perguntar: o povo é burro?

    Curtir

    Publicado por Rafael | 30 de outubro de 2016, 18:10
  3. Com a decisão consumada, Lúcio, as propostas debatidas no pleito virtual poderiam ser divulgadas, se forem implementadas, Amém. Ao menos as sementes foram lançadas.

    Curtir

    Publicado por Thirson Rodrigues de Medina | 30 de outubro de 2016, 18:18
  4. Acredito que eles lançaram para Mario Couto para o governo em 2018.

    Curtir

    Publicado por Fabiano | 31 de outubro de 2016, 08:14
  5. Não podemos esquecer que os tucanos já estão praticamente com o governo na mão novamente, independente de quem vier. Eles novamente estarão com a máquina na mão em um contexto em que os paraenses não vêem nenhum candidato a altura do cargo.

    Curtir

    Publicado por Fabiano | 1 de novembro de 2016, 13:29

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: