//
você está lendo...
Imprensa, Política

Narciso e o espelho

No intervalo de um mês, mudou da água para o vinha a linha editorial de O Liberal sobre o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho. Quando ele foi cassado pela primeira vez, o jornal escondeu a notícia e tratou de dar a versão de Zenaldo em paridade com a informação sobre a sua punição pelo juiz eleitoral Antonio Cláudio Cruz.

Agora, a segunda cassação foi a manchete de capa da edição de hoje do jornal dos Maioranas, com toda ênfase que a informação merecia: “Justiça volta a cassar Zenaldo pela prática de crime eleitoral”. O título é até mais agressivo do que o do Diário do Pará, que, como seria de esperar do periódico do senador Jader Barbalho, também destacou o fato na capa da sua edição de hoje: “Justiça cassa Zenaldo pela segunda vez”.

A folha de Romulo Maiorana Júnior descobriu que o BRT é uma furada? Que o irmão do prefeito, Augusto (Guto) Coutinho, é a eminência parda da prefeitura, agindo excessivamente à vontade em toda a administração municipal? Ou que as obras e serviços da PMB estão superfaturadas?

Nada disso. Aparentemente, o pomo da discórdia entre Júnior e seu (ex?) aliado e parceiro, é o advogado Sábato Rossetti, constituído pelo prefeito para defendê-lo na justiça eleitoral. Todos sabem que Roissetti, pelos meios formais e informais, costuma conseguir o que quer do poder judiciário, sobretudo em matéria eleitoral. E que, polêmicas à parte em torno dos seus métodos, sabe e conhece o que faz.

Mas ele é traíra, diz RM 2º. Para provar essa afirmativa de impacto, ele afirma que o próprio advogado de defesa preparou o crime eleitoral praticado pelo seu cliente. Como se deu isso, quem participou da surpreendente manobra, como ela não foi detectada por Zenaldo e assessores, o jornal não se importa em esclarecer. É de “somenos”.

A traição de Sábato Rossetti se deve à sua simpatia e fidelidade por Jader Barbalho, conhecida de todos, inclusive dos tucanos mais sonoros do PSDB. Pois todos eles passaram batido pela tramoia do advogado. Só Rominho  – como é conhecido na intimidade o mais importante executivo do grupo de comunicação – descobriu a manobra do peemedebista enrustido, cavalo de Troia no bastião do poder local.

Mas, escândalo dos escândalos: ninguém deu bola para RM Jr. Como tem acontecido com mais frequência nos últimos tempos, ele tem falado sozinho, fora do seu gabinete de trabalho na sede do jornal, nos fundos do Horto Botânico (antigo Bosque) Rodrigues Alves, ou em Miami ou indo para Las Vegas.

Com seu faro apurado para o assunto, Romulo Maiorana-2 tem constatado o cheiro de Barbalho no ninho tucano do governo estadual e da prefeitura. Os áulicos de sempre e alguns noviços desejosos de aparecer na Troppo lhe devem estar revelando as intimidades promíscuas da corte, que o receptor das informações traduz de imediato como traição à fidelidade absoluta, de que não abre mão. Por isso, o recurso à frase do pai no Repórter 70 de ontem.

Dar uma banana para o executivo e seguir em frente? E quem a tanto se atreve? É completamente falacioso o jargão publicitário da corporação de que o seu jornal é o de maior credibilidade do Estado. Mas é o líder da classe média para cima na tristemente desigual pirâmide social, enquanto o matutino dos Barbalhos domina amplamente desse topo até a base.

Daí ser do maior interesse sair bem nas muitas fotos das colunas sociais de O Liberal e não ser hostilizado pela “casa”. Muitos morrem de medo de alguma investida através da TV.Liberal, poderosa porque afiliada à Rede Globo. A submissão, porém, não é natural nem espontânea: é tácita. Os salamaleques de sempre agora são seguidos por observação atenta aos bastidores da empresa. Há hienas e urubus pressentindo carniça.

Todos sabem que o grupo Liberal já não quita suas obrigações, exige pagamento em dinheiro e seus débitos convertidos em permutas e compensações, o que o levou a trocar a Unimed pela Hapvida, dizem que por oito milehões de motivos. Há uma evidente falta de liquidez no jornal (não na televisão, submetida a um controle rigoroso pela Globo), gerando tensões e agravando o poder ditatorial do presidente do grupo. Ele se tem excedido, o que levou seu fiel acompanhante de tantos anos, Guarany Júnior, a pedir demissão, algo impensável nos tempos de vacas gordas.

É verdade que a Roma, a incorporadora imobiliária, de propriedade exclusiva de Romulo Júnior, parece ir de vento em popa com seus arranha-céus. Surpreende seu vigor financeiro, certamente por alguma injeção financeira, ou vacina. Essa abundância, porém, não se estende aos empreendimentos coletivos da família, que seguem à míngua.

Daí, provavelmente, a biruta que segue a linha editorial do jornal, o único veículo ainda sob controle total dos Maioranas. O leitor desapareceu do visor do dono. Agora, é só a ele mesmo que consegue contemplar – e é a quem atende quando seu toque característico é percebido por trás das súbitas mudanças de conduta de O Liberal. O que volta a dar razão a Buffon: o estilo é o homem.

Discussão

11 comentários sobre “Narciso e o espelho

  1. Delcídio Amaral também foi o CAVALO DE TROIA do PSDB no PT

    Curtir

    Publicado por pmelo | 23 de novembro de 2016, 09:55
  2. Cômico perceber a importância que o delirante manda chuva se dá, expressa na primeira do Repórter 70 de hoje, que diz que “foi só a coluna alertar para a trairagem” que a decisão voltou a ser proferida pelo juiz. A derrocada de O Liberal é, além de previsível há tempos, um alento para a população, dado o desserviço que presta à sociedade. A lamentar apenas as condições a que profissionais de várias áreas, sobretudo colegas jornalistas, estão submetidos.

    Curtir

    Publicado por Alan Bordallo | 23 de novembro de 2016, 10:18
  3. Se confirmadas as informações aqui expressas é algo de gravíssimo, tanto para o profissional do direito, que tenho como competente e ético(ressalto que não mantenho relação de amizade com ele).Poderá o advogado em questão, sofrer punição pelo TED-Tribunal de Ética e Disciplina da OAB, independente dos procedimentos perante a Justiça comum (cível) e criminal! Repito: não quero crer!!

    Curtir

    Publicado por José de Arimatéia M. da Rocha | 23 de novembro de 2016, 10:52
  4. Lúcio, como sempre, mexendo direto onde onde mundo vê, mas ninguém ousa falar…parabéns, amigão!

    Curtir

    Publicado por Felipe Gillet | 23 de novembro de 2016, 12:43
  5. Lúcio,

    Na sua “cruzada cívica” em que tantos méritos há, tenho certeza que vc não chegará a assinar seus textos com três letras, tipo LFP.

    Curtir

    Publicado por Sou daqui. | 23 de novembro de 2016, 17:49

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: