//
você está lendo...
Política

A saída

Por que um presidente da república desceria das suas tamancas para tratar com o seu ministro da Cultura de um tema menor apenas porque seu outro ministro, muito mais próximo, que responde pela agenda política do seu governo, está irritado com a postura do colega de ministério?

Essa simples iniciativa de Michel Temer o coloca sob suspeita. mesmo que ele não haja pressionado diretamente o ministro, de uma maneira a poder caracterizar um delito com enquadramento legal. Temer dá mais uma demonstração da sua pequena estatura diante da altura do drama que vive o país colocado ao alcance da sua jurisdição política.

O licenciamento do prédio de luxo no qual o ministro Geddel Vieira comprou um apartamento, a cobrar explicações sobre a sua variação patrimonial, deveria ser uma questão estritamente técnica. A evidência visual é de que a edificação, de 30 andares, é incompatível com a sua localização diante da baía de Todos os Santos, em Salvador.

Mas se há uma possibilidade de que o prédio se torne legal, esta é uma questão que cabe ao Iphan considerar. Não cabe numa tratativa entre o presidente da república e o ministro ao qual o assunto está afeto. Mesmo que a conversa tenha sido risonha e franca, o que, evidentemente, não foi.

Uma boa oportunidade para o advogado constitucionalista Michel Temer anunciar aos brasileiros que não é candidato à reeleição, enviará emenda constitucional expurgando-a da ordem jurídica e convocará um conselho de representantes da sociedade para acompanhar seus atos até 2018, quando um novo presidente será escolhido pelo povo. Isto, é claro, se tiver condições de prosseguir no cumprimento do mandato.

Discussão

8 comentários sobre “A saída

  1. Uma boa oportunidade para ele pedir demissão e chamar eleições gerais para o ano que vem. O prazo é até o final do ano. Com um pouco de pressão, estaríamos livres da coligação do mal para sempre..

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 26 de novembro de 2016, 20:11
  2. Que belo reconhecimento do ” Fora Temer” ! que já está nas ruas , nas bocas , nas redes sociais desde o polêmico impeachment .
    É isso . Antes tarde do que tarde demais (rs)

    Curtir

    Publicado por Marly Silva | 27 de novembro de 2016, 07:10
    • Não mudei minha posição. Manifesto-me pela antecipação da eleição desde 2015, quando a crise se agravou. Acho legal e legítima a presença do Temer. Só que, como eu achava em relação a Dilma, ele demonstrou incapacidade de sustentar um caminho de saída para o país. O que defendo é que ele reconheça esse fato, para o bm de todos e felicidade geral da nação. Para ficar até 2018, e só até lá, teria que seguir o caminho que sugiro: declarar que não é candidato à reeleição, propor ao Congresso o fim da reeleição, encaminhar as propostas de ataque à cise econômica geradas por sua equipe tecnica, submetendo-a ao conselho que propus, preparar uma eleição honesta para 2018 e tentar relembrar sua condição de jurista, especializado em direito constitucional. Aos 75 anos é o que lhe resta para não deixar à história um legado tão negativo quanto o da sua antecessora.

      Curtir

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 27 de novembro de 2016, 07:37
    • Rsrsrs. Há uma diferença, entretanto. Muita gente que está no Fora Temer gosta do “Fica Dilma”. Dessa dupla Dilma-Temer (que representa o que eu batizei de coligaçào do mal) eu quero distância. Eu sempre fui a favor das diretas já, tal como o LFP e outros propuseram. Para mim, o Temer é e sempre foi uma ponte escorregadiça que o país precisa ultrapassar. Infelizmente, ao invés de surpreender a todos e se mostrar um estadista, ele demonsrou estar no mesmo nível da sua antecessora.

      E por falar na Dilminha, ela sairá candidata a senadora pelo Rio. Isso explica parcialmente os seus passeios ciclisticos recentes em Ipanema.

      Curtir

      Publicado por Jose Silva | 27 de novembro de 2016, 07:40
      • 1- Se os petistas tivessem, na época da Dilma, virado os ombudsmen que são hoje, não estaríamos nesta situação.

        2-Da mesma forma: se os paneleiros de ontem continuassem com suas cobranças, Temer talvez fosse um pouquinho menos ruim.

        Resumo da ópera:enquanto não sairmos desse futebol político, o país continuará descendo cada vez mais.

        Curtir

        Publicado por Jonathan | 28 de novembro de 2016, 19:21
  3. Tem internauta repetindo o ponto de vista de FHC , já amplamente divulgado , sem reconhecer a autoria .Rede social é isso , na maioria das vezes. Repetecos sem construção de um pensamento próprio .

    Curtir

    Publicado por Marly Silva | 27 de novembro de 2016, 19:25
  4. Que entrem em cena os paneleiros da Doca, Nazaré, Batista Campos entre outros que usavam seus jardins e janelas de apartamentos para fazerem o panelaço.

    Ah! Provavelmente não terão humildade pra reconhecer que estavam equivocados ou que suas aspirações, para trazer ao poder aqueles que teoricamente defenderiam seus interesses, ofuscaram suas razões.

    Curtir

    Publicado por Fabiano | 28 de novembro de 2016, 12:13

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: