//
você está lendo...
Economia, Política

O Norte esquecido

Lutfala Bitar, dono da Estacon e vice-presidente da Associação Comercial do Pará, é um dos raros empresários paraenses que ainda se manifesta em público sobre as grandes questões estaduais, regionais e nacionais. Rompe com o coral do silêncio, que prefere seguir o ditado popular de que quando a farinha é pouca, o meu pirão primeiro. Ou que em boca calada não entra mosca.

Como faz frequentemente, ele enviou uma carta à Folha de S. Paulo a propósito de uma questão omitida pela elite local, em particular a sua imprensa. Ainda bem que o jornal dos Frias abrigou a manifestação de Lutfala contra o tradicional esquecimento do Norte por Brasília, agora na formação do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, órgão de consulta do governo federal.

Disse o empresário:

Na composição do Conselhão foram esquecidos os representantes do Norte. As gritantes desigualdades econômicas e sociais regionais, representam nosso desafio permanente. A Amazônia ocupando 2/3 do território nacional, detendo a maior biodiversidade, a mais extensa bacia hidrográfica, a maior província mineral do planeta, de acordo com IBGE, participa com apenas 8% do PIB nacional, e o Pará com 1,8%. O CDES não pode ignorar essa realidade.

Nas composições anteriores existiam representantes do Norte que pautavam essa discussão.

O próprio Lutfala Bitar integrou o colegiado, do qual participaram o então reitor da Universidade Federal do Pará, Alex Fiúza de Melo, e o atual presidente da Federação das Indústrias do Estado, Conrado Santos.

Discussão

4 comentários sobre “O Norte esquecido

  1. retrato politico ou retrato da classe empresarial ou retrato do povo?

    Acorda Pará…

    Curtir

    Publicado por valdemiro | 28 de novembro de 2016, 12:00
  2. Dentro da visão de almoxarifado do norte, que os “escolhidos” tem, é irrelevante a nossa opinião.
    Nós e principalmente os líderes escolhidos pelo povo tem que exigir a presença em qualquer demanda nacional. Temos pessoas qualificadas para assumir qualquer posição neste país. Mas tem-se a coragem como pressuposto, pois esta projeção com toda certeza trará enormes responsabilidades!

    Curtir

    Publicado por Fausto Bezerra | 28 de novembro de 2016, 12:44

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: