//
você está lendo...
Cidades, Polícia, Violência

Ao céu, a responsabilidade

No convite para a missa de 7º dia, a ser realizada amanhã, a família de Pietro Ricardo Oliveira Vanetta, assassinado na semana passada, aos 30 anos,  não encontrando respostas para tantas perguntas que faz em torno da morte violenta do jovem, diz ter preferido ficar “com a frase que ele mais gostava em uma música: ‘É Deus quem aponta a estrela que tem que brilhar'”.

É uma saída sábia para o choque de horror e indignação diante do absurdo. Pietro estava dentro da casa da família. Ajudava o pai e funcionários de uma empresa de segurança privada a montarem um sistema de vigilância eletrônica para dar alguma proteção aos residentes naquele ponto nobre da cidade, a avenida Braz de Aguiar,onde ainda funciona um centro mais requintado de compras. Dois assaltantes invadiram subitamente a casa. Pietro tentou contê-los e foi morto a tiro, no interior da casa, que estava com o portão aberto para permitir o entra e sai necessário para a execução da tarefa.

É uma nova modalidade de agressão que se multiplica em Belém: a invasão de residências à luz do dia por criminosos sem limites. São menos bárbaros do que aqueles que retalharam corpos humanos em presídios de Manaus e Boa Vista, como se fossem magarefes e suas vítimas, animais a serem abatidos para consumo. Ambos, porém, tiraram a vida de seres humanos – ora com extremos de selvageria, ora com desfaçatez. Em todos os momentos, desdenhando do poder público, indiferentes às leis, aos que as aplicam, aos que são responsáveis pela sadia vida em sociedade.

Esta sucessão cotidiana de abusos, até o limite mais vil da escala de violências, não é um problema apenas de famílias como a de Pietro Vanetta: é uma questão de Estado, de afirmação do poder público, de defesa da sociedade, que, indefesa e impotente, transfere para os céus a tarefa de reparar os males de um crescente inferno, como aquele no qual vivemos – quando vivemos.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: