//
você está lendo...
Cidades

O chão cedeu, o cano estourou, a água fatou

Nem a Cosanpa em particular nem o governo do Estado se preocuparam em desmentir a versão de que o acidente que tirou de operação (por pelo menos 24 horas, de sexta a domingo) a principal adutora da Cosanpa, responsável por 70% do abastecimento de água à região metropolitana de Belém, tenha ocorrido em dezembro do ano passado. E que foi ocultada porque ocorreu durante as obras do parque ecológico do Utinga, projeto da secretaria de Cultura.

Num breve trecho de uma reportagem, a agência oficial de notícias diz que o vazamento na adutora “decorre de um dano sofrido pela peça devido ao fenômeno de acomodação das terras alagadas sobre as quais a peça está assentada, no Parque Utinga”. E nada mais disse nem lhe foi perguntado, apesar da gravidade do problema.

Discussão

Um comentário sobre “O chão cedeu, o cano estourou, a água fatou

  1. Pela nota oficial, a culpa é da natureza..como sempre.

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 21 de janeiro de 2017, 19:29

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: