//
você está lendo...
Polícia, Política, Violência

Violência paraense

No ano passado, o Pará foi o quarto Estado brasileiro com mais mortes resultantes de intervenção policial, segundo o Conselho Nacional do Ministério Público. Foram 237 mortes debitadas à conta da polícia ao longo de 2016. Mais 4.196 mortes violentas, num aumento de 11,2% em relação a 2015.

Citando esses números, a seção paraense da OAB emitiu nota sobre a “onda de extrema violência” que levou à execução de 24 pessoas, provavelmente por policiais, que assim pretenderam vingar a morte, na sexta-feira, do soldado Polícia Militar Rafael da Silva Costa, que a OAB lamentou.

Até agora, nenhum dos “justiceiros” que surfou nessa onda de sangue foi preso. O Pará ameaça subir ainda mais no ranking do sangue em 2017.

Detalhe importante: nas mortes praticadas por policiais não estão incluídas as execuções que homens encapuzados fizeram na Grande Belém a bordo dos já muito conhecidos carros preto e prata. Quantas dezenas elas foram?

Discussão

2 comentários sobre “Violência paraense

  1. A ruptura do controle social desgovernada das mãos do aparelho do Estado responsável pelas condições minimas de civilidade, significa o pré-requisito indispensável para o crime, esse sim “organizado”, perpetuar no submundo da região metropolitana de Belém sua rede de intervenção.

    O primeiro mês do Ano se apresentou, revelando às demais recorrências anuais com a característica de ser mais virulenta e descontrolada possível.

    Curtir

    Publicado por Thirson Rodrigues de Medina | 22 de janeiro de 2017, 12:55
  2. Como nunca gostamos de perder, estamos fazendo todo o esforço possível rumo ao campeonato nacional. Já estamos na primeira divisão. O que falta é somente o título. Nesse ritmo, ninguém vai nos ultrapassar.

    Curtir

    Publicado por José Silva | 22 de janeiro de 2017, 13:47

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: