//
você está lendo...
Polícia, Violência

Vítima explica algoz?

A Secretaria de Segurança Pública do Pará comunicou nesta manhã que ainda não vai divulgar a identificação dos mortos “para não prejudicar as investigações”. Todas as informações registradas nas delegacias dos bairros onde aconteceram os assassinatos irão para a Divisão de Homicídios, que comandará a investigação.

Confesso que não entendi essa estratégia. Supunha ser dever do Estado divulgar o mais rápido possível os nomes das pessoas executadas pelo grupo organizado em milícia (provavelmente policiais) com o nítido objetivo de vingar o companheiro morto. Assim, tranquilizaria parentes e amigos dos assassinados, alguns dos quais lotaram o Instituto Médico Legal justamente para auxiliar na identificação dos corpos.

A decisão de ocultar a identificação das vítimas seria para não prejudicar as investigações. Seria porque, sabendo quem morreu, os policiais que estão na investigação saberão automaticamente quem matou, no pressuposto de que são outros policiais? Seria porque os bandidos pé-de-chileno estão como que cadastrados informalmente pelos agentes operacionais, que circulam permanentemente pelas rus da cidade., numa socialização do conhecimento à margem das normas legais e administrativas, só para os “iniciados” Pegá-los se tornaria questão apenas de oportunidade ou vontade, conforme a motivação dos policiais.

Só assim a explicação dada pela secretaria se torna inteligível. Tanto quanto assustadora.

Discussão

2 comentários sobre “Vítima explica algoz?

  1. Essa hipótese se confirma. Ao revelar a identidade das vítimas, a nuvem de ação dos verdugos pode ser mapeada, assim, como digitais, suas investidas são decodificadas, um passo, para identificar os milicianos, quer sejam da corporação policial ou não.

    Curtir

    Publicado por Thirson Rodrigues de Medina | 22 de janeiro de 2017, 13:00
  2. Pois é. Essa estratégia vai de encontro com o que faz qualquer polícia civilizada em qualquer lugar do mundo. A primeira coisa que se faz é justamente divulgar o nome das vítimas para que a população ajude com informações para que os crimes sejam resolvidos rapidamente. Mais um erro grosseiro da secretaria de segurança do governador. Como se diz: transparência é tudo. Sem ela, qualquer boato vale.

    Curtir

    Publicado por José Silva | 22 de janeiro de 2017, 13:41

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: