//
você está lendo...
Justiça, Polícia, Política

Beto Jatene indiciado

Alberto Jatene, filho do governador Simão Jatene, foi indiciado pela Polícia Federal, junto com 50 pessoas,  em um esquema de corrupção e desvio de imposto sobre mineração, que teria alcançado pelo menos 66 milhões de reais,  segundo a revista IstoÉ desta semana.

Marco Antônio Valadares Moreira, ex-diretor do DNPM, considerado o líder da organização criminosa, foi indiciado por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro.

Já Beto Jatene, acusado de receber R$ 750 mil de um dos escritórios com participação no esquema, foi indiciado por corrupção passiva e organização criminosa. Para a PF, o pagamento foi efetuado porque o cargo ocupado por Jatene poderia render “facilidades” ao grupo criminoso. Ele é assessor jurídico do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas dos Municípios do Pará.

A partir do relatório da Polícia Federal, o procurador Anselmo Lopes decidirá se apresenta ou não denúncia à justiça. Mas antes o Superior Tribunal de Justiça terá que se manifestar em relação às autoridades com foro privilegiado que também foram indiciadas.

Seria o caso de familiares do conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios, Aloísio Chaves. Foram detectados pagamentos com suspeitas de terem relação com autorizações obtidas no tribunal. Os autos relativos a eles estão com o ministro Raul Araújo, passando as investigações para o vice-procurador geral da república, Bonifácio de Andrada.
Segundo o relatório da PF, contratos fraudulentos com prefeituras eram usados para desviar recursos de arrecadação da mineração. Para isso, eram usadas empresas e escritórios de advocacia. “Considerando toda a engrenagem criminosa, com estrutura ordenada que passa por quatro etapas distintas – da captação dos contratos até o branqueamento dos valores – tendo os personagens de cada uma delas funções específicas, concluímos que são fartos os indícios da existência de verdadeira ORCRIM (organização criminosa), responsável pelo desvio de pelo menos R$ 66 milhões”, escreveu o delegado, de acordo com a reportagem de IstoÉ.

Discussão

5 comentários sobre “Beto Jatene indiciado

  1. Viva as redes sociais!

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 25 de fevereiro de 2017, 12:16
  2. Lúcio,

    Há foro privilegiado mesmo para autoridades de tribunais menores? Se há, isso é impressionante!

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 25 de fevereiro de 2017, 12:21
  3. Como está esse caso? Prosperou ou foi arquivado? Postergado? Esquecido?

    Curtir

    Publicado por Luana | 30 de março de 2017, 10:31

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: