//
você está lendo...
Imprensa

12 mil comentários

O blog acaba de superar a marca de 12 mil comentários em 31 meses de existência. Para mim, é o número mais importante. Sem a participação muito ativa do leitor, de que adianta a interatividade da internet? Cai-se na armadilha daquela já velha frase do McLuhan: o meio é a mensagem.

Estou vendo cada vez mais um retorno a esse diktat tecnológico, costumeiramente a serviço da bruxaria ideológica. As pessoas usam, abusam e dissipam tecnologia fantástica por ela em si. Para transmitir mensagens inócuas, inúteis e, muitas vezes, falsas, além de enredadas no ovo da serpente.

Num debate da semana passada, em São Paulo, ouvi uma professora universitária proclamar: o que interessa é a interpretação; o fato não importa.

O melhor da minha geração foi empenhado em valorizar o conteúdo dos meios de expressão. Isso, quando começava o ciclo de revoluções tecnológicas de uma velocidade sem igual na história humana. Paradoxalmente, porém, essa fabulosa conquista está sendo como uma vitória de Pirro.

As pessoas estão mais expostas ao “desaprendizado”, como diria Lewis Carrol, do que ao aprendizado. E trilhamos, lépidos e fagueiros, pelo trilho do “pós-fato”, mais um capítulo irracional (delleuziano? lacaniano?) do “pós-tudo. A verdade não é produto da demonstração pelos fatos e a partir deles. É produto de narrativas, falas e ardis linguísticos, na visão dos decodificadores autorizados, detentores do monopólio do sentido da história.

Infelizmente, os mais notórios intelectuais da terra são os nobres ausentes do debate público. Onde eles estão? Em suas tocas acadêmicas? Satisfeitos pela contemplação das suas glórias? Atualizando – ad infinitum – seus currículos Lattes? Deitando falação em (micro)circuito fechado? Fazendo viagens pelo país e pelo mundo para participar de brilhantes e inúteis seminários? Gozando as delícias de bolsas universitárias, como as do Paraná, pelas quais a maior interessada é agora a Polícia Federal?

De qualquer maneira, caríssimos leitores, parabéns: 12 mil comentários não é muito – nem pouco. É a nossa tentativa de saber e fazer o fazer melhor.

Discussão

7 comentários sobre “12 mil comentários

  1. Lúcio, parabéns! Para um blog diferenciado que não trata de futebol e nem de fofocas sobre atores de novela, o resultado é bastante expressivo.

    Os Lattes paraenses não crescem da forma que você descreve. De outra forma, seríamos uma potência científica e não estaríamos dependendo dos chineses para termos alguns centavos para as nossa economia regional..

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 20 de março de 2017, 18:48
  2. Esse é o campeão! Deu dois cruzados de esquerda, um gancho e finalizou com um direto de direita o seu leitor padrão, e partiu para o clinch a abraçá-lo antes que caísse nocauteado ao chão, no exato momento em que tocou o sino, para o deleite dos notórios intelectuais ocultos na cativa: “oh!, Lúcio, o piedoso”, gritava a plateia…

    Parabéns!

    Round nº 12.003.

    Curtir

    Publicado por Paul Nan Bond | 20 de março de 2017, 20:22
  3. Tupã, que transformou o solitário índio em uirapuru, um dia irá transformar o rabo-de-palha em um índio (em um cidadão). Semear é preciso..

    Curtir

    Publicado por valdemiro | 21 de março de 2017, 10:18
  4. Lúcio, essa postura dos intelectuais paraenses é incompreensível; eles simplesmente não conseguem compartilhar a ciência que tanto proclamam entre seus pares. A produção científica parece ser um fim em si mesmo, totalmente distanciada do interesse social.
    Quanto aos doze mil comentários, parabens pelo sucesso de seu blog.

    Curtir

    Publicado por Marilene Pantoja | 21 de março de 2017, 17:34

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: