//
você está lendo...
Economia, Transporte

Ofertas pelo porto de Santarém

Os dois terminais do porto de Santarém, destinados à movimentação de granéis líquidos, que o governo federal colocou à venda, receberam propostas ontem. Houve interesse da iniciativa privada por eles por estarem em áreas ocupadas, uma com contrato vencendo e outra operando por meio de decisão judicial.

Além das empresas que já atuam no local – a Distribuidora Equador e a Petróleo Sabbá (controlada pela Raízen e I. B. Sabbá) – a Ipiranga estudava o negócio e poderia ter interesse, segundo informa o Valor Econômico.

As ofertas serão abertas amanhã, na BM&FBovespa, em São Paulo. Vencerá quem der o maior valor de outorga, que não poderá ser inferior a um real. Por esse critério, a prioridade é aos investimentos no próprio porto e não na arrecadação pelo governo.

Tudo indica que além das duas empresas que operam os portos, interessadas em manter o negócio, grupos verticalizados, principalmente os que já trabalham na cadeia de combustíveis, também poderão se apresentar no leilão. Seria o caso da Ipiranga, braço de distribuição de combustíveis do grupo Ultra.

Embora não tenham se manifestado publicamente, o interesse. A logística portuária para armazenagem de combustíveis é considerada estratégica na Amazônia. Como a capacidade de refino na região ainda é limitada, o Brasil ainda precisa importar derivados de petróleo para atender a demanda. Por ela ser crescente e a oferta não ser suficiente, a tancagem amplia o valor estratégico do negócio, “o que pode atrair empresas eminentemente operadoras, segundo o jornal paulista.

A licitação dos terminais consta da primeira lista de 34 projetos de infraestrutura divulgada pelo Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo Temer. No material de divulgação do leilão, no ano passado,  os dois terminais foram considerados “cruciais para a manutenção da distribuição de combustíveis na região, que teve aumento de 24% no consumo de combustíveis entre 2011 e 2014.”

“Não tenho a menor dúvida de que são dois terminais com viabilidade inquestionável. Mas eles só recebem barcaças e não navio de longo curso”, ponderou ao jornal Fabrizio Pierdomenico, sócio da consultoria Agência Porto.

O planejamento do porto público de Santarém não permite o recebimento de embarcação de longo curso para combustível. A carga destinada a Santarém transportada nesse tipo de navio tem de fazer uma parada a mais: para em um outro porto e é transferida para balsas para chegar até Santarém.

Há poucos dias, a Petróleo Sabbá representou ao Tribunal de Contas da União pedindo liminar para suspender a licitação até o julgamento do mérito do pedido de anulação do edital, para revisão dos estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental. A área técnica do órgão considerou a representação improcedente e propôs não conceder a liminar. O relator do pedido ainda não se manifestou.

 

Discussão

7 comentários sobre “Ofertas pelo porto de Santarém

  1. Parabéns sempre LFP, pelo teu excelente e sempre ímpar cobertura/análise crítica dos fatos que nos sobressaltam os cenários turvos. Vital importância nesse labiríntico Rincão. Saúde e Força.

    Curtir

    Publicado por Amélia Oliveira | 22 de março de 2017, 10:04
  2. Esse neg;ocio não é muito complicado, se ele não está claro do ponto de vista judicial? Qual será a empresa que se interessa por um negócio assim? O risco não é maior do que o benefício?

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 22 de março de 2017, 18:36
  3. Pauta importantíssima, infelizmente só coberta aqui, pelo jeito. Obrigado, Mestre.

    Curtir

    Publicado por Marlyson | 23 de março de 2017, 08:52

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: