//
você está lendo...
Imprensa

Um segredo de polichinelo

No editorial de hoje, no qual desmente O Liberal, o Diário do Pará diz que o concorrente está incomodado com a “liderança absoluta” que o jornal dos Barbalhos diz ter assumido, “confirmada há anos pelo Instituto Verificador de Circulação (IVC) e pelo Ibope”.

Há anos o IVC mudou de nome: agora se chama Instituto Verificador de Comunicação. Até agora, o Diário não divulgou a sua tiragem auditada pelo IVC, a fonte de maior credibilidade no assunto no Brasil, que cobra caro pelo serviço.

Tendo o IVC sob contrato, o Diário tem recorrido ao Ibope para pesquisas de audiência, o que é de estranhar. Os grandes jornais não utilizam o Ibope para esse fim, mas para audiência das emissoras de rádio e televisão.

Na listagem da Associação Nacional de Jornais, o Diário do Pará está em 34º lugar, com tiragem vendida de 22.114 exemplares. O Dez Minutos, de Manaus, é o mais vendido da região norte, em 19º no ranking nacional, com tiragem de 39.243 exemplares. O dado ainda é de 2015, o mais recente divulgado pela ANJ. Mesmo associado à entidade. O Liberal não figura entre os 50 maiores jornais do país.

Discussão

Um comentário sobre “Um segredo de polichinelo

  1. Dois jornais mentirosos e pouco transparentes. Sem dinheiro público já estariam falidos por absoluta falta de credibilidade.

    Curtir

    Publicado por José Silva | 24 de março de 2017, 21:07

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: