//
você está lendo...
Cultura

Livro de Paloma

A Editora Alameda, de São Paulo, anunciou hoje o seu próximo lançamento: o livro de crônicas Eu preferia ter perdido um olho, da escritora paraense (e comentarista deste blog) Paloma Franco Amorim. Reproduzo o release da editora, para alegria e orgulho de todos nós.

“Eu preferia ter perdido um olho”, o mais novo lançamento da editora Alameda, nasceu da reunião dos textos publicados por Paloma Franco Amorim no jornal paraense O Liberal.

Logo na apresentação da obra, feita por Lúcio Flávio Pinto, jornalista e sociólogo, a autora é comparada com Clarice Lispector. No prefácio, Edir Gaya aumenta a aposta e compara a jovem autora à Clarice e à Virgínia Woolf. Assim como essas duas grandes mulheres, que provocaram grandes mudanças no paradigma estético da literatura no século XX, Paloma escreve em tom confessional na tentativa de compreensão da vida e da realidade humana, em toda sua subjetividade. Ao mesmo tempo, passa longe da já saturada autoficção.

Paloma começou cedo sua carreira de escritora. Aos 19 anos já publicava contos e crônicas para o grande público. E, apesar de nunca ter se imaginado como romancista, como explica no capítulo Um Samba Para Maria, suas narrativas breves acabam formando um texto único e coeso.

A narradora em primeira pessoa, que como personagem principal revela dados sobre si mesma, é a linha que costura todos os textos. A reincidência de algumas personagens, como a sua avó e F. são outra evidência de que estamos diante de um romance. Afinal de contas, acompanhamos os casos de juventude da narradora e suas lembranças de infância com familiares e amigos.

Discussão

8 comentários sobre “Livro de Paloma

  1. Adorei. A arte ta ótima. esperando mais informações sobre o lançamento.

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Fabrício | 29 de março de 2017, 20:20
  2. Paloma,

    Parabéns por mais esse objetivo alcançado.

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por José Silva | 29 de março de 2017, 23:10
  3. Obrigada Lúcio, obrigada a todo mundo que apoiou e torceu. O Lúcio foi um dos grandes incentivadores desse processo de publicação que se desdobra há mais ou menos dois anos. Foi um longo percurso, cheio de obstáculos, que agora apresenta um novo caminho e eu estou muito satisfeita com o resultado final (ou o novo ponto de partida?) do livro.

    Vamos fazer um lançamento em breve aqui em SP e logo menos aporto em Belém para celebrar também em minha cidade de origem e do peito. Dou notícias.
    Abraços,
    Paloma

    Curtir

    Publicado por Paloma Franca Amorim | 30 de março de 2017, 08:45
  4. Avante, sempre!

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Luiz Mário | 30 de março de 2017, 09:12
  5. Parabéns, Paloma!

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Thirson Rodrigues de Medina | 30 de março de 2017, 11:20
  6. Quanto orgulho! Parabéns, Paloma!

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Amélia Oliveira | 30 de março de 2017, 23:35
  7. Bravo , Paloma !
    E já lhe convido para fazer uma tarde de autógrafos na UFPA .
    abraços
    Marly

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Marly Silva | 31 de março de 2017, 16:14

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: