//
você está lendo...
Imprensa, Justiça

Temos nova presidente?

Nossa liberdade depende da liberdade de imprensa e ela não pode ser limitada sem ser perdida.

Se tivesse que decidir se devemos ter governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último.

As duas frases definem a matriz do apreço dos Estados Unidos pela liberdade de imprensa. São de Thomas Jefferson (1743-1826), o terceiro presidente do país e um dos autores da declaração de independência americana.

Elas parecem inspirar a iniciativa da presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia. Ela anunciou, hoje, em Brasília, a instalação de uma comissão nacional para analisar eventuais restrições ao trabalho da imprensa no âmbito do Poder Judiciário. O órgão funcionará dentro do Conselho Nacional de Justiça, que ela também preside.

A ministra se opôs a qualquer forma de cerceamento à liberdade de imprensa, mesmo quando na forma de decisão judicial, já que a constituição é clara ao vetar qualquer tipo de censura. Ressaltou também a importância da liberdade de imprensa para que os cidadãos tenham informações, deixando de ser analfabetos políticos e possam fazer suas escolhas.

Para ela, uma imprensa livre é condição para que haja democracia forte. E um dos seus esteios é o sigilo da fonte, garantido constitucionalmente, que nem a justiça pode romper.

Num procedimento raro no serviço público, ela atribuiu a ideia original ao ex-presidente do STF e do CNJ, Joaquim Barbosa, que não conseguiu instalar a comissão.

Já estou começando a achar que, depois do fracasso de Dilma Rousseff, deve-se tentar outra vez entregar o comando da nação a uma mulher – decidida, lúcida e capaz, como a presidente do STF.

Discussão

12 comentários sobre “Temos nova presidente?

  1. aprovo, com voto de preferência, mas também acataria sem voto.

    Curtir

    Publicado por valdemiro | 3 de maio de 2017, 15:03
  2. Mesmo que isso nos dê o imenso trabalho de fiscalizar e denunciar veículos tendenciosos, como os veículos locais, cujas pautas e linhas editorias quase sempre estão a mercê dos grupos políticos que representam. Como agora mesmo, quando da deflagração da greve dos professores da rede estadual, na quarta (02/05/2017), em que as Organizações Rômulo Maiorana vêm fazendo uma cobertura claramente tendenciosa, tentando desmoralizar e sufocar o movimento, a serviço de seu aliado político e um de seus principais clientes, o governo do Estado. Nesses casos, a única opção contra a manipulação da informação pelo quarto poder seria enviar uma “carta do leitor” com a outra versão dos fatos à figura do ombudsman (que nem existe, tal qual nos EUA). Enquanto isso, a “verdade” dos donos do poder se eterniza como a única verdade, em nome da liberdade de imprensa.

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por John Charles Torres | 3 de maio de 2017, 16:18
  3. Fracasso passa longe de ser a melhor descrição do contexto vivido pela presidente Dilma. Nesse contexto importa mencionar o sexismo enfrentado por Dilma e qualquer outra mulher, em especial àquelas ocupantes de posição de poder. A liberdade de impressa, igualmente, tem inúmeras facetas. Soluções rasas mostram-se farsas…

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Paulo Sérgio Lima | 3 de maio de 2017, 16:30
  4. Definitivamente o “Clube do Bolinha” foi revelado, propiciando às mulheres a oportunidade de se imporem. Avante, sempre!

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Luiz Mário | 3 de maio de 2017, 18:23
  5. Carmen Lúcia poderia ser um bom nome. Apesar de que, algumas vezes, vejo um pouco de falta de iniciativa para bloquear bocudos como o Gilmar Mendes..Para ser presidente, ela precisa disciplinar esses caras..

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 3 de maio de 2017, 18:47
  6. Com a cutela que lhe é peculiar, a mulher, até por questão de segurança, tem que desconfiar dos incentivos que pretendem colocá-la diante de situações que, por algum viés, só beneficiariam os simpatizante do “Clube do Bolinha”….

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 4 de maio de 2017, 09:24
  7. Seria excelente. Mas quais as chances?

    Curtir

    Publicado por Marlyson | 4 de maio de 2017, 15:41
  8. Lucio, postei um comentario sobre o assunto.Não recebeste?:
    ?

    Curtir

    Publicado por expedito leal ribeiro | 5 de maio de 2017, 17:19
    • Não., Podia reenviar, Expedito?

      Curtir

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 5 de maio de 2017, 17:55
      • Carmen Lucia no programa do Bial transmudou-se.Contida por força da liturgia do cargo, ela mostrou-se descontraida, coloquial nos assuntos enfocados, bem humoradas nas passagens mais intimas da entrevista e sobretudo verdadeira.Como eu acho que ela é no seu cotidiano do lar.É dificil dizer se seria uma presidente da República melhor ou pior do que a Dilma.No que se refere ao preparo intelectual, não vejo assim tanta diferença.Por quem seria assessorada, no caso a formação de um ministério competente, formada por gente reconhecidamente proba e que tivesse como objetivo maior servir aos reais interesses da pátria.Conseguiria?Creio que sim. dependendo da coalizão partidária que lhe daria apoio parlamentar.Não vejo tudo perdido na politica brasileira.Como disse ontem no mesmo programa do Bial, José Mojica, a politica é imprescindível na vida.O Brasil deve é rever os valores dessa política que se deteriora de maneira galopante.Estou com o Verissimo, As mulheres estão botando os homens para escanteio.Em todos os segmentos.Resta apenas serem gentis..

        Curtir

        Publicado por expedito leal ribeiro | 6 de maio de 2017, 13:54
      • Non perder la ternura jamás, não é assim? Com humor e auto-ironia, a batalha nunca estará perdida – desde que não falte competência, honradez, seriedade, espírito público e determinação. Pelo menos.

        Curtir

        Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 6 de maio de 2017, 18:39

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: