//
você está lendo...
Minério, Política

Em todas

O sindicato da indústria mineral se tornou, em 10 anos de existência, talvez o mais importante do Pará. As empresas que o integram atuando em 40 dos 144 municípios, respondem por 85% das exportações paraenses, empregam 290 mil trabalhadores e pretendem investir 24 bilhões de reais até 2022, esperando criar mais 90 mil empregos.

Talvez por essas grandezas, sete das oito fotos de uma página de matéria paga publicada hoje no Diário do Pará foquem no presidente do sindicato, Jose Fernando Gomes Júnior. Ele só não apareceu numa foto sem a presença de pessoa alguma, apenas com o stand do sindicato na feira da indústria, motivo da propaganda.

Prenúncio de que o poder do dirigente sindical o levará à política, como primeiro representante direto dos poderosos mineradores?

Discussão

Um comentário sobre “Em todas

  1. Uma das coisas que esse sindicato não consegue é unir as empresas em torno de um objetivo comum. O desequilíbrio de forças entre elas é enorme. O presidente do sindicato não consegue pleitear qualquer cargo político. A razão? Falta legitimidade ao setor.

    Curtir

    Publicado por José Silva | 7 de maio de 2017, 19:37

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: