//
você está lendo...
Justiça, Polícia

A vez da justiça?

A Operação Lava-Jato e as operações dela derivadas contra a corrupção podem estar começando a bater na porta do poder judiciário. A expectativa (e a surpresa) era de que isso já tivesse acontecido. Os poderes executivo e legislativo estão sendo profundamente devassados. A justiça estaria incólume, livre do vírus da corrupção no serviço público?

Por enquanto, os primeiros sinais são revelados internamente. No confronto nas cortes superiores, sobretudo na mais excelsa delas, o Supremo Tribunal Federal, a opinião pública sabe agora que filhos e filhas dos magistrados (e também de procuradores) atuam na linha fronteiriça entre o permitido e tolerado e o vedado, em escritórios particulares de advocacia.Devem ter qualidades, mas fica implícito, ao menos como suspeita, o tráfico de influência.

O principal incidente envolveu o ministro Gilmar Mendes e o procurador-geral da república. Rodrigo Janot pediu o afastamento de Mendes dos processos tendo o ex-bilionário Eike Batista como parte porque a mulher do ministro do STF atua no escritório de Sérgio Bermudes, defensor de Eike.

Mendes mandou publicar, em represália, que a filha de Janot advoga para a principal empreiteira da Lava-Jato, a Odebrecht. e ainda para a OAS, do amigo de Lula, Léo Pinheiro. E o chefe do Ministério Público Federal não se deu por impedido de atuar nos processos envolvendo as duas empresas.

A sociedade será bem servida se os figurões continuarem nessa lavagem de roupa. Sujeira, ao que parece, não falta. A dose, por enquanto, ainda é pequena.

Discussão

3 comentários sobre “A vez da justiça?

  1. Claramente o judiciário precisa de uma limpeza também. É impressionante como essas famílias todas segue uma mesma prefissão. Ou porque o negócio é muito bom (que deve ser mesmo) ou porque falta criatividade na famlia. Sou do ponto de vista que os filhos deveriam sempre seguir carreiras bem diferentes dos pais.

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 12 de maio de 2017, 17:23

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: