//
você está lendo...
Justiça, Política

Cavalo de Troia

Fala-se, como se fosse um dado natural, que se explica em si mesmo, do acordo de delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Mas até agora não se sabe quem aprovou esse acordo. A presunção, diante da desinformação, é de ter sido o ministro Edson Fachin, procurado pelos dois bilionários depois da primeira passagem pelo escritório do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, que os encaminhou a quem de direito.

Mas por que o ministro do STF? Os Batistas não têm foro privilegiado pelo exercício de função. Foram atraídos pela circunstância de denunciarem o presidente da república? Mas Michel Temer ainda não é réu. Contra ele Fachin autorizou a apuração dos fatos através de inquérito judicial. Continua inocente até prova em contrário.

Além disso, o método é completamente diferente do que foi seguido até agora pela Operação Lava-Jato, a partir de Curitiba.Parece que nem os integrantes do Ministério Público Federal no Paraná nem o juiz Sérgio Moro participaram das negociações para a delação. Sequer foram informados a respeito. Receberam a notícia com a mesma estupefação do cidadão comum.

Desta vez, a delação que os empresários oferecem para justificar o acordo diz respeito a fatos por eles mesmos criados. Boa ou ruim, certa ou manipulada, a gravação só foi aberta na Polícia Federal, na PGR e por um único ministro do STF, o próprio Fachin.

Mesmo com a revelação, pelo jornal O Globo, do conteúdo das delações, o ministro as mantém sob sigilo formal. Tudo que se sabe é por uma transcrição do áudio e por algumas imagens do flagrante, que pode se tornar, nas mãos de um bom advogado, prova ilícita, imprestável para uso na justiça.

Se a força-tarefa da Lava-Jato estivesse à frente desse processo, ela teria gravado os depoimentos dos donos da JBS e já os teria colocado à disposição do público. Mas os delatores atuais se encontram neste momento em Nova York, protegidos pela justiça.

Desse pequeno enredo pode-se tirar uma conclusão: a maior delação no âmbito da lava-Jato é o maior golpe que ela sofreu, tendo que sofrer calada.

Discussão

3 comentários sobre “Cavalo de Troia

  1. Cadê o tapete?

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 18 de maio de 2017, 20:29
  2. Ou: quem seria o tapete?

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 18 de maio de 2017, 20:30
  3. Joesley deu nó tático tanto no Temer como no Aécio. Ele tinha todo mundo na mão. Aprendeu com o caso Esteves, que se deixou levar pelos acontecimentos. Joesley se antecipou e entregou todo mundo em troca da sua liberdade para curtir bebidas de alto custo em seu apartamento caríssimo em New York.

    Curtir

    Publicado por José Silva | 18 de maio de 2017, 20:44

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: