//
você está lendo...
Justiça, Política

Companhia ruim

O senador Aécio Neves confirmou que pediu dinheiro a Joesley Batista, da JBS. Seria uma transação comercial, com o oferecimento de um imóvel da família como garantia. Mas o empresário não aceitou. Queria ser um benfeitor. O resultado começou a se apresentar: a irmã e principal assessora do ex-governador foi presa e já está na carceragem da Polícia Federal em Belo Horizonte.

O afastamento de Aécio do cargo de senador deverá ser formalizada ainda hoje. Ele também será destituído da presidência do PSDB, se não renunciar. O desfecho será a prisão de um dos mais importantes senadores da república por corrupção. Enquanto sua defesa é patética, as acusações se apresentam fatais. A carreira política de Aécio acabou. Seu futuro poderá ser atrás das grades.

Ainda não se pode dizer que este é o destino de Michel Temer. Pesa contra ele não ter reagido de imediato à revelação do grampo que lhe aplicou o mesmo Joesley. O presidente não precisaria se informar sobre o contexto da conversa e o conteúdo da gravação. Afinal, ele não sabe mais o que fez e disse nesse encontro?

Se a reunião fosse limpa, para tratar de assuntos públicos, por que levá-la para a residência particular, evitando as testemunhas? Temer parecia dar tanto crédito ao empresário que não só lhe concedeu o privilégio da conversa íntima como não o submeteu a revista.

Dê-se a esse detalhe o duplo significado que ele tem. Temer não esperava um gesto de infidelidade tão torpe, já que poderiam ser considerados como parceiros de ilicitude – ou, no mínimo, atuação marginal. Também o gesto se explicaria por não ter o presidente o que esconder. Nesse caso, porém, ele já devia ter dado explicações à sociedade e tratado Joesley como ele é: um bandido – ainda que na companhia do presidente da república.

Discussão

11 comentários sobre “Companhia ruim

  1. Lúcio

    Eu não entendi. O Aécio pediu um empréstimo. O Batista disse não, mas ofereceu um presente. O presente tinha um objetivo: pagar despesas pessoais com advogados. Onde está o crime? Alguém pode explicar? seria o fato do senador ter aceito o presente? Creio que somente ouvindo toda a gravação conseguiremos entender bem o que está acontecendo?

    No caso do Temer a coisa é mais clara. Ele pediu dinheiro para calar o Cunha. Isso significa prejudicar as investigações, um comportamento similar ao que a Dilma fez ao nomear o Lula e o Lula fez para calar o Bumlai. Aqui não há duvida alguma do crime.

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 18 de maio de 2017, 12:19
    • O dinheiro era do Joesley. Ele já vinha pagando o Cunha antes e continuou a pagar depois da prisão. Parece até que aumentou a mesada. O que ele diz que perguntou para o Temer é se devia continuar o pagamento. E o Temer teria autorizado. A nova frase para a fraseologia da pouca vergonhice nacional: “Tem que manter isso, viu?”.

      Curtir

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 18 de maio de 2017, 12:44
  2. Concordo com o comentador sênior do blog. Com a ressalva de que não sou versado em penal, não vejo crime na conduta de Aécio (tecnicamente não houve corrupção, pelo que até agora se sabe) pode ter havido sem-vergonhice. Quebra de decoro não é crime.

    Curtir

    Publicado por ALCIDES | 18 de maio de 2017, 15:57
  3. Mas não corrupção. Barreto diz que foi enganado pela dupla David Nasser-Jean Mazon. Até acredito, só um débil se exporia daquela forma..

    Curtir

    Publicado por ALCIDES | 18 de maio de 2017, 19:32
  4. A PF diz que as operações realizadas já estavam programadas para acontecer hoje, dia 18. As as noticias saídas na noite anterior poderiam ter algum efeito de obstruir as investigações alentando os investigados? Estas sairam um pouco antes das buscas e prisões.
    São questões que alguns levantaram. Até que ponto o jornalismo iria afetar as investigações com furos jornalísticos que alertassem os acusados antes de a policia chegue até eles?

    Curtir

    Publicado por Fabrício | 19 de maio de 2017, 01:07

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: