//
você está lendo...
Cidades

Alerta vermelho

No final da tarde de sábado passado um motorista avançou o sinal no cruzamento da travessa Angustura, por onde ele trafegava, e a avenida Almirante Barroso, em Belém. No meio do cruzamento o automóvel foi atingido e esmagado por um ônibus expresso, que ia na direção centro-bairro. O motorista do carro morreu na hora. A culpa pelo acidente foi dele. Mas se o ônibus, que trafegava pela via do BRT, respeitasse a velocidade máxima para o local, de 50 quilômetros por hora, talvez o acidente não tivesse sido fatal. No primeiro exame da perícia, a conclusão foi de que a velocidade do ônibus era de 80 quilômetros.

Pode ser que o tacógrafo tenha algum defeito que o invalide como prova nesse caso. Mas é rotineiro o excesso de velocidade por parte da maioria dos motoristas que trafegam pela antiga avenida Tito Franco, também conhecida como a pista da morte. Na via do BRT esses excessos têm alta periculosidade, agravada pelo fato de que há uma aparente conivência das autoridades com as empresas de transporte coletivo. Mesmo sendo concessionárias de um serviço público, elas cometem infrações, diretamente ou através dos seus motoristas, que não resultam nas punições aplicadas aos demais condutores. Daí, talvez, as costumeiras infrações praticadas pelos motoristas de ônibus.

O controle e a fiscalização precisariam ser redobradas no ainda – ou para sempre? – complicado sistema do BRT, com cruzamentos e proximidades que podem restabelecer a antiga denominação da principal via de entrada e saída de Belém.

Discussão

4 comentários sobre “Alerta vermelho

  1. Como alguém em sã consciência avança o sinal na Almirante Barroso? É o mesmo que passear à noite na Ponte do Galo.

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 19 de junho de 2017, 22:34
  2. Os ônibus expresso que usam a via do BRT parecem loucas locomotivas em busca de vítimas. Se continuarem nesta rotina, matarão pessoas e destruirão a via.

    Curtir

    Publicado por Pedro Pinto | 20 de junho de 2017, 10:18

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: