//
você está lendo...
Justiça, Política

Temer, Putin e a corrupção

O presidente Michel Temer prometeu ontem, em Moscou, ao lado de Vladimir Putin, que Brasil e Rússia darão prioridade ao combate à corrupção nos dois países. Brasil e Rússia estão entre os países mais corruptos do mundo. A prática centenária se agravou com a venda de valiosos itens do patrimônio público a preço de banana e por critérios duvidosos em programas de privatização. No leilão desses ativos cresceu a intermediação de integrantes do aparato estatal e de aliados políticos, numa escala jamais vista.

A apuração, desvendamento e punição da corrupção é promovida nos dois países não por iniciativa dos chefes dos três poderes, sobretudo o executivo. Transformados em réus, eles se empenham mais em apagar rastros e criar muros de proteção do que em ter participação ativa nessa saneamento ético e moral. A indiferença de Putin à verdade pública não tem por  matriz apenas a sua origem, na engrenagem secreta estatal: ele segue a tradição autocrática dos czares. Talvez seja, em ordem inversa, um novo Pedro, o Grande.

Já Temer, que não tem esse arcabouço histórico, parece estar criando uma bolha artificial na qual circula , se protege e se isola da realidade concreta de todos os dias de novas delações que o incriminam. Sua muralha era o Congresso. A derrota de ontem, na votação da reforma trabalhista, sugere que essa barreira está trincando. Mesmo que seja reparada, o presidente caminha para um fim cruel: a esquizofrenia.

Discussão

4 comentários sobre “Temer, Putin e a corrupção

  1. Na Rússia há uma profunda e fatal perseguição aos homossexuais/transsexuais. Também foi sancionada uma lei, no início do ano, que despenaliza a violência doméstica.
    Ao que parece, não só em corrupção institucional o Brasil vai pelo menos caminho, também nas políticas de gênero estamos a um passo de nos tornarmos putinescos. Um passo atrás, diga-se de passagem, um triste retrocesso.
    Abs

    Curtir

    Publicado por Paloma Franca Amorim | 22 de junho de 2017, 17:19
  2. Esquizofrenia: é um distúrbio mental caracterizado por comportamento social fora do normal e incapacidade de distinguir o que é ou não real.
    Agora se esta definição vale para o Temer, o que dizer daqueles 30% de Brasileiros que ainda acreditam no que diz o ex-presidente de que nunca na historia deste País nunca houve alguém mais honesto do que Ele?

    Curtir

    Publicado por Valdenor Brito | 22 de junho de 2017, 21:04

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: