//
você está lendo...
Polícia, Política, Segurança pública, Violência

Prefeitos ameaçados

Em um ano e meio, três prefeitos foram assassinados no Pará. Eles comandavam municípios que ficam na região do lago da hidrelétrica de Tucuruí. O que poderia ser visto como crimes em série começou em janeiro do ano passado, com a execução do prefeito de Goianésia do Pará, João Gomes da Silva, do PR. Em maio foi a vez do prefeito de Breu Branco, Diego Kolling, do PSD.

A série se completou anteontem, 25, com a maior e mais violenta das execuções: o prefeito de Tucuruí, a cidade mais importante da região, Jones William da Silva Galvão, do PMDB, recebeu oito tiros. Sozinho (o segurança de todos os dias faltou), ele fiscalizava obras.

Um homem que ia na garupa de uma moto, desceu e fez os disparos contra Jones com uma pistola ponto 40. A arma é potente. Tantos tiros devem ter servido também de advertência ao sucessor, o vice-prefeito, que tomará posse hoje.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado montou imediatamente um esquema mais ostensivo de investigação e reuniu os outros dois prefeitos de municípios que também foram atingidos pelo represamento do reservatório da hidrelétrica de Tucuruí, a quarta maior do mundo, formando um lago artificial de três mil quilômetros quadrados (300 mil hectares). O prefeito de Novo Repartimento é Deusivaldo Silva Pimental e o de Pacajá é Chico Tozetti, ambos do PMDB.

Por causa do royalty sobre o uso da água para a produção de energia, Tucuruí é um dos municípios que mais arrecadam no Pará. Os outros quatro também recebem sua parte da compensação. As administrações municipais têm problemas com suas prestações de contas.

O prefeito de Tucuruí, por exemplo, estava com seus bens indisponíveis por causa de uma ação que o denunciava pelo favorecimento de uma empresa local que executava obras públicas. Como esses problemas existem em quase todos os municípios, a ameaça de novos acontecimentos violentos pode não ficar restrita à região dos lagos de Tucuruí. A disputa pelo controle dos seus orçamentos extrapolou a seara da política e vai se tornando caso de polícia.

 

Discussão

Um comentário sobre “Prefeitos ameaçados

  1. O retrato falado do suspeito saiu hoje. Equipes da policia civil de Belém irão investigar a ação.
    Quanto ao assassinato do prefeito de Goianésia do Pará,João Gomes, o caso parecia envolver também um vereador que teria planejado sua morte. Não muito tempo depois um vereador teria sido também assassinado (não sei se foi o que mandou matar o prefeito). O caso não foi muito bem explicado, mas a policia afirma que o caso foi solucionado.
    O de Diego Kolling, de Breu Branco, continuam sem mais informações, a policia diz que está investigando e que corre em segredo de justiça.

    Em Marabá a fazenda Mutamba é depredada depois de invadida por mais e 60 pessoas.
    Em Itupiranga, no sudeste paraense, no assentamento Uxi o casal de idosos Manuel Índio de Arruda e Maria da Luz Fernandes da Silva foram assassinados por possíveis briga por lotes.
    Mês passado a líder quilombola Maria Trindade foi morta em Moju com marcar de violência.
    As conflitos naturais de Altamira, foram mostrados em um documentário na Globo News sobre Belo Monte. E depois do massacre de Pau D’Arco o ultimo JP mostro que o interior do Pará está cada vez mais violento.

    http://g1.globo.com/pa/para/noticia/fazenda-e-invadida-e-depredada-em-maraba.ghtml

    http://g1.globo.com/pa/para/noticia/casal-de-trabalhadores-rurais-e-assassinado-no-sudeste-do-para.ghtml

    http://g1.globo.com/pa/para/noticia/lider-quilombola-e-encontrada-morta-em-estrada-na-cidade-de-moju.ghtml

    Curtir

    Publicado por Fabrício | 27 de julho de 2017, 18:48

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: