//
você está lendo...
Justiça, Política

Ladroagem é maior

Lúcio Funaro foi contratado, em 2012, para intermediar um financiamento de R$ 930 milhões junto à Caixa Econômica Federal para a Eldorado Celulose, a maior empresa do setor no Brasil. A operação foi aprovada e Funaro cobrou a comissão prevista no contrato com a empresa, no valor de 44 milhões de reais (em torno de 5% do total). O valor, porém, não foi pago até hoje.

 

Ao saber que a Eldorado está à venda, Funaro ajuizou uma ação para bloquear todos os bens da J&F, dona da Eldorado, da JBS e de um conglomerado de empesas, como garantia de que irá honrar o compromisso de cinco anos atrás.

 

Nesta semana, a juíza Luciana Bassi de Melo, da 5ª vara cível de São Paulo, determinou o bloqueio dos bens, mas apenas da Eldorado, no limite do valor da dívida com o credor. Ela deferiu a antecipação da tutela de urgência postulada por Funaro. Suas alegações se mostraram “suficientes para convencer a respeito da plausibilidade do direito invocado pela autora em relação à executada”.

 

Por que a empresa dos poderosos irmãos Joesley e Wesley Batista recorreram a um mero doleiro para atuar como lobista do empréstimo? Funaro é apontado pelo Ministério Público Federal como um dos operadores financeiros do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha. Por isso, foi preso pela Operação Lava-Jato.

 

Os Batista, que acusaram 1,8 mil políticos como corruptos, por eles mesmos corrompidos, nada falaram sobe essa transação, obtida junto à Caixa, instituição financeira federal. Quantos outros casos omitiram? Qual o valor do que eles arrecadaram, em condições vantajosas e manipulando os números nas transações, eles obtiveram? Quantos bandidos do mesmo quilate eles utilizaram nas suas investidas?

 

Já é hora de uma CPI ou uma comissão especial no Congresso Nacional para medir o tamanho real dos maiores corruptores da história do Brasil. Os parlamentares certamente aproveitariam para acertar as contas com seus compradores, mas, da lavagem de roupa suja (sujíssima), os brasileiros se aproveitariam para atacar esse imenso foco maligno que lanceta a moral pública e saqueia o erário.

Discussão

9 comentários sobre “Ladroagem é maior

  1. Seria a magna aula sobre a politicagem, esta que é a “mão invisível” da corrupção tão bem utilizada pela corrupta elite, com sua sociologia da reeleição.

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 3 de agosto de 2017, 10:38
  2. Seria?

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 3 de agosto de 2017, 18:58
  3. A miséria brasileira e seu subdesenvolvimento não necessitam mais de diagnósticos: tudo é resultado da sanha e impunidade de uma minoria que saqueia o Brasil e lhe toma como donos, há 500 anos. Pena que a oportunidade que nos foi vendida durante mais de uma década(1989 a 2014), não concretizou a esperança que havia de se mudar essa realidade. O estelionato eleitoral das últimas 4 oportunidades deste século, jogou a esperança em um lava-a-jato sem fim, deixando-nos a sensação que as transações tenebrosas cantadas por Chico, eram pirâmides inocentes praticadas por jovens amadores. O jogo ficou pesado, o tráfico domina e a galinha dos ovos de ouro foi abatida pela fome insaciável dos que se diziam os salvadores da pátria, os vestais da decência e cavaleiros da redenção de um grande País.

    Curtir

    Publicado por JAB Viana | 3 de agosto de 2017, 23:55
  4. Quarta-feira, naquela seção que deu mais tempo ao antigo aliado de 3 eleições, parece que ficou clara a estratégia já suspeitada desde o impeachment da ciclista presidenta: já que tudo caminhava para o caos, para a ingovernabilidade, o afastamento do poste serviria para lavar a podridão que brotava por todos os buracos do País, na força das investigações e revelações. Saíram gritando como se vitimados por um golpe de Estado; acusaram o grande aliado que viabilizou as vitórias de 3 eleições, chamando-o de golpista e pretendem colocar em sua conta todos os podres de 14 anos sem reformas, sem gestão e sem esperança. Quarta-feira, sabendo que iam perder, deram quorum para usar a exposição de horas na grande media televisiva em horário nobre, para demonstrar que são aguerridos, que não suportam a corrupção e a má gestão, lançando a cada voto o nome do cavaleiro que até parece que veio de Aruanda nos salvar, para o cargo maior em 2018, como se ele sua thurma não tivessem nada com isto que ocorre no Brasil. Ao final, mesmo perdendo, riam e festejavam ao som de fora …

    Curtir

    Publicado por JAB Viana | 4 de agosto de 2017, 00:15
  5. O mais interessante de tudo é porque haveria a necessidade de um grande empresa contratar um intermediário para negociar um empréstimo junto a Caixa? Não faz sentido. Se a Caixa é um órgão público, então qualquer pessoa poderia ir lá solicitar o empréstimo desde que atendida as condições técnicas para tal. Quem, além do intermediário, ganhava muito dinheiro neste tipo de negócio? Depois ficam dizendo que não houve aparelhamento das estatais. Só sendo muito ingênuo para acreditar.

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 4 de agosto de 2017, 08:21
  6. O que “perece” assustar: a exposição da corrupta elite, e seus crimes, ou dos rabos-presos, ditos classe média, intelectuais fornidos por esses deuses da corrupção?

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 4 de agosto de 2017, 10:36
  7. Corrigindo: “parece”

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 4 de agosto de 2017, 10:36
    • Os amigos das empreiteiras e que compõem a cúpula bolivariana, devem compor a senzala, certamente, com seus bulhões arrecadados nos 13 anos de usufruto do poder, são os patriotas cavaleiros da esperança dos descamisados. As elites são os lesados contribuintes, os da “casagrande”, que trabalham e pagam impostos.

      Curtir

      Publicado por JAB Viana | 4 de agosto de 2017, 15:47
  8. Cai mais uma máscara?

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 4 de agosto de 2017, 18:36

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: