//
você está lendo...
Justiça

Pernas pro ar

Amanhã, os servidores do poder judiciário do Pará estarão de pernas para o ar. Como sempre acontece, a direção do Tribunal de Justiça do Estado declarou a segunda-feira ponto facultativo e enforcou um dia útil para juntar o fare niente com a terça-feira, encurtando a semana de trabalho. Também como sempre, alega-se em defesa da liberalidade que os dias parados serão compensados com uma hora a mais de expediente até cobrir a jornada regulamentar.

Mesmo que alguém fiscalize rigorosamente o compromisso e ele seja cumprido, esse acordo de leniência inter pares consolida um hábito negativo e gera imagem ruim da justiça, já que os cidadãos, contribuintes e clientes da justiça estarão no batente para gerar riqueza e impostos para o Estado. Melhor seria abolir essa prática e respeitar apenas os feriados, que já são numerosos no país. Recebendo três vezes mais do que os empregados na iniciativa privada, que são os que geram produção, os servidores públicos deviam dar o exemplo.

Discussão

7 comentários sobre “Pernas pro ar

  1. Caro, os servidores cumpriram com este dia acrescentando uma hora a mais alguns dias anteriores. Por um período o tribunal só fechou às 15:00.

    Curtir

    Publicado por alpn00 | 13 de agosto de 2017, 12:43
    • Obrigado pela informação, que não altera o conceito fundamental da matéria: adotar o feriado e respeitar o dia regular de trabalho.

      Curtir

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 13 de agosto de 2017, 14:49
      • Quantas horas trabalha um funcionário do Tribunal? Das 8 às 14, com uma hora de almoço? Se for assim..Eta vida boa meu deus! Tem que trabalhar mais minha gente. Isso explica a lentidão nos processos. Não venham me dizer que é definido por lei. Se for, muda-se a lei da mesma forma como foi modificada para qualquer trabalhador neste país,

        Curtir

        Publicado por Jose Silva | 13 de agosto de 2017, 19:17
  2. Em que pese haver a compensação, como determina a portaria que decretou o ponto facultativo, e mesmo que fiscalizado, a imagem é realmente negativa.
    Ademais, para os advogados, há a suspensão do prazo, que poderia ser alegado que não causaria prejuízo, entretanto, a compensação é interna: não há atendimento até as 15h e, as partes são prejudicadas.
    Um simples exemplo: uma audiência ocorre entre 8 e 12 meses depois de ajuizada a ação, e, se o cidadão que paga imposto, for contemplado pelo sistema informartizado com uma data facultada, esperará sabe Deus quanto tempo por uma nova data. Servidores e advogados vivem disso, mas o cidadão procura o Judiciário em busca de algo importante: alimentos para seu filho, plano de saúde,’ abusos do poder público e muitos outros.
    Ao invés de buscar formas de ampliar o acesso a Justiça, aqui, como em todos os outros poderes ou entidades que são remuneradas pela população, caminha-se para trás.

    Curtir

    Publicado por Marcel Bittencourt | 13 de agosto de 2017, 14:44
    • Exatamente, Marcel. O feriado dá uma folga, não uma suecessão de folgas. É um intervalo, não uma sequência.

      Curtir

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 13 de agosto de 2017, 14:50
      • Outubro então, o Tribunal só não cria um feriado por romerio por falta fendia. Além dos feriados do mês, como Nossa Senhora Aparecida, o re-cirio é facultado o dia todo e ainda tentam implementar a segunda “pós-círio”. Por óbvio, os feriados que são próximos, sempre busca-se a “forca”, com o famoso “ponto facultativo”.
        O pior disso, é que além de vários feriados, direito a 50 minutos mês de atraso, duas faltas por mês sem desconto, a remuneração elevada para a média da população, não é raro encontrar um servidor que trate mal no atendimento, seja na educação ou na diligência que lhe é pedida, como se estivesse ali fazendo um favor e depois quando implementam processos eletrônicos, que transfere parte das atribuições aos advogados, como “distribuir uma ação”, o sindicato e muitos dos servidores ainda reclamam, como se fossem injustiçados.
        As vezes parece que o temor da informatização, é que fica de fácil controle o volume de trabalho de cada um…

        Curtir

        Publicado por Marcel Bittencourt | 13 de agosto de 2017, 15:02
  3. Um feriado por romeiro *por falta de dia.

    Curtir

    Publicado por Marcel Bittencourt | 13 de agosto de 2017, 15:15

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: