//
você está lendo...
Agricultura, Estrangeiros, Multinacionais, Transporte

Bases de lançamento

A Cargill fecha vai mais do que dobrar a capacidade da estação de transbordo de cargas que construiu em Miritituba, distrito paraense de Itaituba, com investimento de 180 milhões de reais. Dos 2 milhões de toneladas atuais, a estação passará para 5 milhões. Por ela, neste ano, deverão passar 1,5 milhão de toneladas de soja e milho, que chegam em caminhões pela Santarém-Cuiabá, e seguem em barcaças, pelo rio Tapajós, até o terminal no porto de Santarém. A multinacional americana de processamento de alimentos é a maior empresa de capital fechado do mundo.

É a ampliação da verdadeira hemorragia que ocorre nos terminais de lançamento de riquezas montados na Amazônia, rumo ao exterior

Discussão

3 comentários sobre “Bases de lançamento

  1. Neo-extrativismo na sua forma mais pura. Sai e entra governo e a visão para o desenvolvimento da Amazônia continua a mesma. Seré que é falta de criatividade? ou é mesmo descaso?

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 18 de dezembro de 2017, 20:21
  2. Sociologia da reeleição, pois!

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 19 de dezembro de 2017, 09:59
  3. No Pará ficam os custos sociais e ambientais ocasionados pelas megaoperações, que atraem como um ímã um fluxo migratório desproporcional à infraestrutura e condições que temos para receber miseráveis, aventureiros, marginais da lei e predadores da floresta, sem falar no abalo à nossa cultura.

    Curtir

    Publicado por JAB Viana | 20 de dezembro de 2017, 23:24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: