//
você está lendo...
Ecologia

A sociedade no meio ambiente

São estes os representantes da sociedade civil e do poder público no Conselho Estadual do Meio Ambiente. Os representados têm o dever de acompanhar a sua atuação e de condicionar a delegação de poder ao cumprimento do dever de defender a sociedade de atos que agridam a natureza no Pará.

É uma composição paritária: 13 representantes de cada segmento. Mas alguns dos representantes da sociedade são, na verdade, extensões do governo, que acaba ficando com a maioria, reforçada pelo poder que tem o governador de impor suas preferências e decisões aos seus subordinados. Afinal, eles ocupam cargos de confiança.

Ordem dos Advogados do Brasil/Seção Regional do Pará – OAB/PA

Titular: Ubirajara Bentes de Souza Filho;

Suplente: Patrícia Guimarães da Rocha

Sindicato dos Servidores da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará – SINDAMBIENTAL

Titular: Gláucio Ilan Oliveira Pinto da Silva Torres

Suplente: Marco Antônio Carrera Ferreira

Federação das Indústrias do Estado do Pará – FIEPA/PA

Titular: José Maria da Costa Mendonça

Suplente: Deryck Pantoja Martins

Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Pará – FAEPA/PA

Titular: Vilson João Schuber

Suplente: José Nelson Araújo

Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Pará – FETAGRI/PA

Titular: João de Jesus Sousa

Suplente: José Gonçalves Moura Neto

Associação Profissional dos Geólogos da Amazônia – APGAM

Titular: José Waterloo Lopes Leal

Suplente: Estanislau Luczynski

Federação dos Trabalhadores na Indústria do Estado do Pará – FETIPA

Titular: José Jacy Ribeiro Aires

Suplente: Thiago Carlos de Souza Dias

Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Pará  – CREA/PA

Titular: Elias da Silva Lima

Suplente: Augusto Alves Ordonez

Universidade Estadual do Pará – UEPA

Titular: Gleicy Karen Abdon Alves Paes

Suplente: Denise Cristina Torres Costa

Fórum dos Secretários Municipais de Meio Ambiente

Titular: Leontina Marcia Barbosa Sidônio

Suplente: José Oscar Peixoto

Associação dos Mineradores de Ouro do Tapajós – AMOT

Titular: Léo Cassiano Moreira Rezende

Suplente: Raul Pinto de Souza Porto

Instituto Internacional de Educação do Brasil – IEB

Titular: Manuel Almeida Amaral Neto

Suplente: Katiuscia Amanda Fernandes do Nascimento Miranda

Economia Sustentável na Amazônia

Titular: José Carlos Lima Costa

Suplente: Marcelo Danilo Silva Alho Correa

 

II – REPRESENTANTES DO PODER PÚBLICO

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade –  SEMAS/PA

Titular: Luiz Fernandes Rocha

Suplente: Thales Samuel Matos Belo

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca do Pará SEDAP/PA

Titular: Giovanni Corrêa Queiroz

Suplente: Afif Al Jawabr

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia do Pará – SEDEME/PA;

Titular: Adnan Demachki

Suplente: Eduardo Araújo de Souza Leão

Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará – SESPA

Titular: Vitor Manuel Jesus Mateus

Suplente: Amiraldo da Silva Pinheiro

Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Pará – SEGUP

Titular: Jeannot Jansen da Silva Filho

Suplente: Evandro Cunha dos Santos

Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda do Pará – SEASTER

Titular: Ana Cunha

Suplente: Leila Nazaré Gonzaga Machado

Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Estado do Pará

Titular: Eliel Faustino

Suplente: Sidney Rosa

Instituto de Terras do Pará – ITERPA

Titular: Daniel Nunes Lopes

Suplente: Cristiana Magrin Madalena

Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará – IDEFLOR-Bio

Titular: Thiago Valente Novaes

Suplente: Zilma Patrícia Dias do Nascimento

Secretaria de Estado de Planejamento do Pará – SEPLAN

Titular: José Alberto Colares

Suplente: Denísio de Jesus Castro

Ministério Público do Estado do Pará – MPE/PA

Titular: Myrna Goveia dos Santos

Secretaria de Estado de Educação – SEDUC/PA

Titular: Ana Claudia Serruya Hage

Suplente: Emlly Hanna Souza da Silva

Secretaria de Estado de Ciência Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica – SECTET/PA

Titular: Alex Fiúza de Mello

Suplente: Maria Amélia Rodrigues da Silva Enriquez

Discussão

6 comentários sobre “A sociedade no meio ambiente

  1. Interessante que há representação de varias categorias profissionais, exceto a dos biólogos, que teoricamente, são os que tratam mais do que ninguém sobre meio ambiente. Qual a razão para isso?

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 10 de janeiro de 2018, 20:45
  2. Como é possível que o engenheiro florestal Derick Pantoja Martinsseja ao mesmo tempo secretário municipal de meio ambiente e representante da FIEPA ? Não entendi…

    Esta ” sociedade civil” é mais empresarial do que outra coisa… Daí se explica porque há tantos interesses econômicos devastadores sobrepondo-se aos interesses preservacionistas nas decisões que passam por este conselho….
    Por que o Imazon não compõe este conselho ? Por que o MPEG não compõe este conselho ?
    Por que não há representação de associações de mulheres, pescadoras e agroextrativistas ? Por que não há representação de grupos indigenas e kilombolas , se os indigenas e as comunidades tradicionais são os grupos que melhor manejam os recursos naturais . Tá tudo errado neste Conselho, que horror !!!!

    Curtir

    Publicado por marly Silva | 11 de janeiro de 2018, 14:27
  3. Com raras exceções entre seus membros, esse Conselho só serve para referendar os interesses dos devastadores do Pará e dos grandes grupos que aqui têm seus negócios – e algumas negociatas. A fiscalização da sociedade é parca, quase inexistente. Quem tiver acesso às atas das reuniões pode comprovar isso.

    Curtir

    Publicado por Carlos Mendes | 11 de janeiro de 2018, 17:17
    • É verdade, Mendes. Vamos, num mutirão de informações, identificar os personagens e sua relação (ou anti-relação) com as questões ecológicas.

      Curtir

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 11 de janeiro de 2018, 17:26
      • É a velha história que estávamos discutindo dias atrás. A participação da sociedade existe na lei, mas quando passa para a prática o resultado é este, pífio. Tudo indica que o conselho existe apenas para carimbar as decisões já tomadas dentro do governo. Democracia brasileira é isso!!!

        Um conselho sério teria apenas 1 representante do governo e 9 da sociedade, sendo 4 cientistas, 4 dos movimentos populares e 1 da area empresarial. Todos os nomes, naturalmente, deveriam ter grande experiência e bons serviços prestados na área ambiental.

        Curtir

        Publicado por Jose Silva | 11 de janeiro de 2018, 18:13
  4. Democracia direta, com soberania popular: abstenção eleitoral total, já!

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 11 de janeiro de 2018, 18:20

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: