//
você está lendo...
Imprensa, Política

Jornal não muda

O Diário do Pará não alterou a sua opção pelo antijornalismo. Na sua edição de hoje, continua ignorando o “affaire” Luiz Afonso Sefer. A obstinação, pelo terceiro dia seguido, depois da revelação da decisão do Superior Tribunal de Justiça, que restabeleceu a condenação do deputado estadual pelo crime de abuso sexual de menor, significa que o jornal da família Barbalho vai continuar a proteger o parlamentar.

É uma decisão política, provavelmente para tentar transferir para o ministro Helder Barbalho, candidato ao governo do Estado, os votos de Sefer. O feitiço, porém, pode se voltar contra o feiticeiro.

O jornal também não bate em outra tecla: a prisão dos amigos e assessores mais próximos de Michel Temer caracteriza uma conspiração para depor o presidente da república. A trama teria sido desencadeada a partir do anúncio de que Temer vai tentar a reeleição.

Temer parece condenado a repetir o cantochão dos petistas a partir do momento em que eles proclamaram, sem direito a réplica, que Dilma Rousseff foi vítima de um golpe parlamentar manobrado à sombra do impeachment. Se ele também cair, os petistas vão incluir Temer no refrão, ou a ladainha é exclusiva do partido?

Discussão

8 comentários sobre “Jornal não muda

  1. Lucio qual a ligação de Sefer com Maioranas e Barbalhos? (Cantochão petista é ótimo)

    Curtir

    Publicado por jjss555 | 31 de março de 2018, 13:30
  2. Encontrar ligação entre a postura do Diário do Pará diante da condenação de Sefer por molestar uma menor e das prisões de amigos íntimos de Temer, e o impeachment de Dilma por alegadas “pedaladas fiscais” é algo que chama atenção na postagem. Lúcio parece ter neste momento uma fixação pelo PT. Vejam o título da postagem e a pergunta que a desfecha: Nonsense total…

    Curtir

    Publicado por Kleber | 31 de março de 2018, 18:12
  3. Só falta enquadrarem o jornalista na nova doutrina bolivariana do ódio, que virou lei na Venezuela, para perseguir inimigos e críticos do regime.

    Curtir

    Publicado por Jab Viana | 31 de março de 2018, 22:57
  4. Não vejo problema algum em não incluirem a situação do anão bunda suja golpista na classificação de golpe de estado; afinal, a unica situação no mundo de perseguição política por meio do direito é a tua. Logo, seria o mesmo dois pesos e duas medidas que irracionalmente praticas.

    Curtir

    Publicado por Marlon A T Araujo | 1 de abril de 2018, 01:01
  5. Kleber, faltou incluir que foi o PT que fez a cabeça do Financiador Habitual da Corrupção para que este impusesse a reeleição aos eleitores.

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 2 de abril de 2018, 09:55

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: