//
você está lendo...
Economia, Política

Governo do po(l)vo

Em qualquer lugar do mundo, mesmo nos países mais ricos, 150 bilhões de dólares é tamanho expressivo para investimentos. Convertido o valor para a moeda nacional, resultando em mais de 500 bilhões de reais, teria que ser de grande impacto, Foi quanto a União repassou ao BNDES nos anos em que o PT decidiu usar a instituição para criar as multinacionais brasileiras, com dinheiro público subsidiado – e muito subsidiado. Como as notórias JBS e Odebrecht, além de empresas para atuarem no Pré-Sal. Sem falar no impulso para que Eike Batista acumulasse a oitava maior fortuna individual do planeta (a propósito, ele e André Esteves, do NTG-Pactual, foram esquecidos pela Lava-Jato).

No dia 29 o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social devolveu mais R$ 30 bilhões ao tesouro nacional, completando a amortização acumulada de R$ 210 bilhões, iniciada em 2015. A aplicação do tesouro foi através de três enormes contratos.  A quitação da dívida, da qual remanescem ainda quase R$ 300 bilhões, vai demorar mais tempo. Se é que será concluída algum dia. Mas ninguém do topo do poder parece interessado em prestar contas dessa transação. A caixa preta permanece lacrada.

Ainda dizem que o governo do PT foi do povo . Residualmente, sem dúvida.

 

Discussão

9 comentários sobre “Governo do po(l)vo

  1. A CPI criada para investigar as transações tenebrosas com esse banco, preferiu encerrar sem abrir a caixa preta. Contabilmente, estaria tudo correto.
    Fica uma sensação estranha…

    Curtir

    Publicado por Jab Viana | 31 de março de 2018, 23:56
    • Qualquer crime financeiro pode ser cometido à sombra de uma boa maquiagem das contas, como a Petrobrás sob o comando do PT tentou fazer. POs petistas não aceitam, mas se a Price tivesse concordado, talvez a Lava-Jato tivesse sido estancada. O que os verdadeiros cidadãos se recusam a encarar que a corrupção (constante em toda história da empresa) detectada pela Price e que acabou absorvida pelo balanço, de mais de R$ 6 bilhões, só em 2016, foi a maior já documentada em demonstrações financeiras regulares do mundo. É preciso repetir essa auditagem externa no BNDES pra que se saiba realmente qual a verdade dos fatos. Por completo.

      Curtir

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 1 de abril de 2018, 10:43
  2. Capitalismo de direita é saudável. De esquerda, não?!

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 1 de abril de 2018, 10:16
  3. O capitalismo não é de direita e nem de esquerda, não é binário: é multidimensional, pois mais importantes aos capitalistas são as liberdades de ação, o mercado e os resultados em termos de lucros e bases para geração de riquezas. Agora, passada a fase selvagem de sua origem e sabendo-se que estamos no mesmo planeta, o capitalismo evolui para o lucro com sustentabilidade das relações sociais e ambientais.

    Curtir

    Publicado por Jab Viana | 1 de abril de 2018, 19:27
  4. Vide Barcarena, caro Jab Viana?

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 2 de abril de 2018, 09:47
  5. Num país de terceiro mundo e sob a ditadura da corrupção, como seria, então, caro José?

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 2 de abril de 2018, 09:49
    • Caro Luiz,

      Não há capitalismo moderno no Brasil. Ninguém gosta de ter risco. Tudo é baseado no protecionismo, subs;idios e relações prosmícuas com os agentes públicos.

      Curtir

      Publicado por Jose Silva | 2 de abril de 2018, 13:42
  6. Supimpa: o panglossianismo encontra a sociologia da reeleição. Deprimente!

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 2 de abril de 2018, 17:59

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: