//
você está lendo...
Justiça, Polícia, Violência

Maiorana na justiça

O juiz Eduardo Rodrigues Mendonça Freire instruirá o processo contra Giovanni Maiorana na justiça do Pará, por crime de trânsito. Ele é o titular da 1ª vara penal dos inquéritos policiais de Belém, com competência sobre as medidas cautelares, que foram deferidas pelo juiz Heyder Tavares Ferreira, na audiência de custódia, realizada no início da tarde do dia 27. Na madrugada desse dia, Maiorana, dirigindo seu carro aparentemente alcoolizado e em alta velocidade, matou duas jovens (de 19 e 20 anos), feriu um motorista de táxi e colidiu com cinco veículos, na avenida Gentil Bittencourt. Foi preso em flagrante, mas o juiz negou a prisão preventiva requerida pelo delegado para o vice-presidente do grupo Roma, de 26 anos, por homicídio culpo, e mandou libertá-lo, 12 horas depois do acidente, com o pagamento de fiança, no valor de 500 mil reais. O processo começou a tramitar na justiça no próprio dia 27.

Discussão

5 comentários sobre “Maiorana na justiça

  1. O tabelamento esta decretado .
    Qual o preço da liberdade de um assassino de duas jovens indefesas na Belém-Necrópole da Amazônia ? Meio milhão de reais . Quem dá mais , quem dá mais ? quem dá mais ?

    Curtir

    Publicado por Marly Silva | 29 de setembro de 2018, 10:42
  2. Dinheirinho bem vindo em temporadaspolitico-eleitorais …

    Curtir

    Publicado por Marly Silva | 29 de setembro de 2018, 10:45
  3. Alguém pode responder para onde vai o dinheiro da fiança?

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 29 de setembro de 2018, 16:41

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: