//
Arquivos

Arquivo para

Semob diz que trabalha

A Semob me respondeu ontem, relatando as providências que adotou a partir da minha denúncia de irregularidade praticada por um motorista da Viação Forte, que desrespeitava o itinerário obrigatório da linha e ignorava os protestos dos usuários. Só agora li a mensagem, que reproduzo a seguir. Garantindo o direito de resposta e agradecendo pela atenção, … Continuar lendo

Como matar sem ser preso

Se você quer matar alguém, o meio mais eficiente para consumar o crime não é usando um revólver ou uma arma de fogo. Monte no seu carro e atropele o desafeto. Mesmo que você seja preso em flagrante, tenha matado outras pessoas e destruído outros carros pelo caminho, percorrido em alta velocidade e em estado … Continuar lendo

A máfia da imprensa paraense

Os Maiorana e os Barbalho transformaram os seus jornais impressos em instrumentos de uma organização que criaram, uma versão paraense da Cosa Nostra. A prova é o silêncio absoluto de O Liberal e do Diário do Pará sobre a morte de duas pessoas e o ferimento de uma terceira. Elas foram atropeladas, ontem, por Giovanni … Continuar lendo

O crime inusitado, um ano depois

O caso da overdose: silêncio geral Reproduzo este texto, publicado aqui em 24 de setembro de 2017. E hoje, um ano depois? O suposto assassinato de um dos herdeiros do grupo Líder e sua contribuição para a crise interna da empresa no topo do comércio varejista do Pará estão fora do noticiário da imprensa. É inacreditável … Continuar lendo

A punição do juiz

A pena possível de ser aplicada a Giovanni Maiorana, em caso de uma eventual condenação, pelo crime de homicídio culposo (de duas pessoas) por atropelamento, ficaria em torno de 24 meses, calculou o juiz Heyder Tavares, analisando os autos da prisão em flagrante do criminoso, na audiência de custódia que presidiu, hoje à tarde, no … Continuar lendo

Juiz manda soltar Maiorana

O juiz Heyder Tavares Ferreira considerou inadequada a prisão preventiva de Giovanni Maiorana, requerida pelo delegado da polícia civil Everaldo Dias Júnior, que o prendeu em flagrante delito, logo depois que Maiorana, dirigindo um automóvel de luxo, matou duas pessoas e feriu uma terceira pessoa, um motorista de táxi. Em alta velocidade, colidiu com cinco … Continuar lendo

Prisão preventiva para Giovanni Maiorana

O delegado Everaldo Dias Negrão Júnior já pediu à justiça que converta em prisão preventiva a prisão em flagrante delito de Giovanni Ricardi Chaves Maiorana, efetuada hoje de manhã, em Belém. O delegado diz que o vice-presidente do grupo Roma, comandado por seu pai, Romulo Maiorana Júnior, foi autuado em flagrante depois de atropelar e … Continuar lendo

Prefeito se cala, empresa fala

A prefeitura se calou, a Semob se calou, toda administração pública municipal se calou diante da carta aberta que dirigi ao prefeito Zenaldo Coutinho sobre o procedimento irregular de motoristas de ônibus, que alteram o itinerário das linhas, em prejuízo dos passageiros, tratados de forma abusiva e desrespeitosa. Felizmente, porém, a Viação Forte, dona do … Continuar lendo

Giovanni Maiorana mata dois

O empresário Giovanni Maiorana matou duas pessoas na madrugada de hoje. Com sinais evidentes de embriaguez, ele atropelou uma jovem de 19 anos e um senhor. Dirigia em alta velocidade o seu carro de luxo pela avenida Gentil Bittencourt. Havia garrafas de cerveja dentro do veículo. A moça morreu na hora. Alessandro Guedes da Silva … Continuar lendo

Sangue impresso

O caderno de polícia do Diário do Pará circulou hoje com fotos de cinco cadáveres. Não é o recorde. O jornal já foi mais sangrento. O impressionante é a foto de um homem morto ocupando toda a primeira página do tabloide, sem tarja alguma ocultando seu rosto e protegendo a sua identidade. A mesma foto … Continuar lendo