//
você está lendo...
Transporte

Pará: prioridade ferroviária

O Pará é prioridade do Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário nos próximos cinco anos. O objetivo é reduzir os custos de transportes, da emissão de poluentes e do número de acidentes em rodovias. A Medida Provisória que cria o fundo deverá ser votada depois de amanhã, no plenário da Câmara dos Deputados, se houver quórum.

O objetivo do fundo, cuja previsão de funcionamento é de cinco anos, é ampliar a capacidade logística do Sistema Ferroviário Nacional. Entre as fontes previstas para o FNDF estão recursos do Orçamento da União, doações, além de arrecadações com a outorga de concessões de trechos de ferrovias.

Uma das fontes de financiamento do fundo é a subconcessão do trecho da Ferrovia Norte-Sul, entre Porto Nacional (no Tocantins) e Estrela d’Oeste (em São Paulo), incluindo o ágio. A publicação do edital de venda do trecho já foi liberada pelo Tribunal de Contas da União. A Norte-Sul se conecta à ferrovia de Carajás, no Maranhão.

No Pará, um dos projetos previstos é a ligação do complexo portuário de Vila do Conde à Ferrovia Norte-Sul. Os investimentos deverão ser aplicados inicialmente em Barcarena. Também está incluída a ligação ferroviária entre Barcarena e Santana do Araguaia, no sul do Pará.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: