//
você está lendo...
Política

Um marajá

Quem recebe no Brasil salário de 70 mil reais por mês, além de mordomias? Um conselheiro de Itaipu Binacional recebe. Talvez seja o cargo mais bem remunerado do país, apesar de quase anônimo. Foi este o presente que o presidente Michel Temer concedeu ao deputado federal Carlos Marun.

Sinecura ainda mais sedutora porque não atingida pelo redutor constitucional, que limita o teto da remuneração a R$ 39 mil, pela condição da empresa. Ela foi criada por tratado entre o Brasil e o Paraguai para operar a segunda maior hidrelétrica do mundo, na fronteira entre os dois países, com potência de 14 mil megawatts.

Na mesma edição de hoje do Diário oficial da União na qual exonerou Marun do cargo de ministro-chefe da Secretaria de Governo, Temer o nomeou para exercer a função de conselheiro da Itaipu, com mandato até 16 de maio de 2020. Infelizmente para ele, sem garantia de poder se manter até essa data. O novo presidente, se quiser, poderá demiti-lo a qualquer momento. O cargo é político.

Assim pode ser considerada também a nomeação por Temer, no fim do ano passado, para o mesmo conselho da advogada Samantha Ribeiro Meyer, ex-mulher de Gilmar Mendes. Mas o ministro do Supremo Tribunal Federal não viu incompatibilidade desse ato com o seu exercício do cargo.

Três anos antes, em 2014, a então presidente Dilma Rousseff tentou também emplacar no cargo o ex-tesoureiro do PT, o notório João Vaccari Neto, já então delatado na Lava Jato, como intermediário do pagamento de propina e caixa 2 para o partido.

O Conselho de Administração da Itaipu é constituído por 14 membros, sete do Brasil e sete do Paraguai. O Tratado de Itaipu estabelece que “a qualquer momento, os governos poderão substituir os conselheiros que houverem nomeado”.

E assim caminha a república.

Discussão

4 comentários sobre “Um marajá

  1. Na República, tal qual na monarquia, que nunca foi de todo revogada, restando a corte, que continua a crescer com barões e nababos, com outros adjetivos, todos os governos, existem os cartórios e sesmarias modernos, que nem imaginamos.
    Há herdeiros de sinecuras nos portos, que não sei se a nova constituição aboliu. Havia uma agência de navegação com sede em Belém, que recebia 5% de todos os fretes de cabotagem contratados e com passagem pelo porto de Belém.
    Há herdeiros de pensões que se encerram apenas com o matrimônio civil.
    Os cartórios continuam hereditários, mesmo que contrariando a constituição.
    A praticagem da barra é exclusividade de famílias de práticos.Devem existir cousas que nem imagino, que não acredito, como as bruxas, mas que existem, existem, como diriam os antigos galegos.
    Esses Conselhos são belas sinecuras e inutilidades. Só servem para sacramentar o que o dono do presépio quer. Todos ganham bem, para isto, em uma só sessão de poucas horas ou minutos.
    Outro cartório são os DAS: saem governo, entram governos, os aspones conseguem se manter nesses cargos até a aposentadoria, pois estão na corte republicana e vivem bajulando algum padrinho poderoso.

    Curtir

    Publicado por Jab | 31 de dezembro de 2018, 11:10
  2. Será que isto não foi combinado com o Bozo?

    Curtir

    Publicado por Jose Silva | 31 de dezembro de 2018, 11:24
  3. Essa figura que fez a dancinha da impunidade por não ter qualquer noção do que seja ética ou fidelidade partidária, é o tipo ideal para ocupar esses sultanatos uma vez que basta bajular o plantonista no poder, quem quer que seja.
    Em todo caso, a esperança é a última que morre.

    Curtir

    Publicado por Fernando | 31 de dezembro de 2018, 13:47

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: