//
você está lendo...
Justiça

Sem transparência

O Ministério Público do Estado decidiu instaurar processo administrativo disciplinar contra um procurador de justiça, “Exmo. Sr. Dr. N. P. M.”, citado apenas pelas suas iniciais na portaria baixada pelo 2019O 2º subcorregedor-geral. A N. P. M. foi atribuído o cometimento de “supostas faltas”, a serem devidamente investigada, depois que o procedimento preliminar “concluiu pela existência de indícios de violação, em tese, de dever funcional”. Mas sob as iniciais do servidor, sem a transparência que o MP exige e cobra da porta de entrada da sua sede para fora dela. Neste caso, o processo transcorrerá sob sigilo.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: