//
você está lendo...
Polícia, Segurança pública, tráfico de drogas, Violência

Uma pista?

Corretamente, O Liberal reservou duas páginas da sua edição de hoje à cobertura dos desdobramentos da chacina de domingo, que resultou em 11 mortes por execução, num dos maiores registros sobre esse tipo de crime nos últimos tempos em todo país. A importância e gravidade do assunto justificam esse tratamento. Já o jornal da família do governador Helder Barbalho enxugou on noticiário. O Diário do Pará reservou apenas dois terços de uma única página ao tema.

Por quê? Critério meramente editorial, embora estranho, num jornal que dá a maior cobertura aos assuntos policiais e equivalentes, talvez o mais incisivo na imprensa mundial, ou é reflexo de uma decisão do governador? Na segunda hipótese, deve-se interpretar essa anomalia como indício de que os assassinos podem ser policiais ou a eles associados, que estão desafiando o governo?

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: