//
você está lendo...
Imprensa, Justiça, Política

Toda verdade

A melhor e mais saudável reação ao vazamento de conversas privadas devassadas por hackers, interessados em revelar os bastidores da Operação Lava-Jato, é apurar tudo e divulgar tudo que vier a ser apurado. O comando das ações não pode continuar a ser exercido  exclusivamente por hackers, que são criminosos na forma da lei, nem por única fonte intermediária, o site Intercept, que faz o que quer com as informações, sob a proteção do anonimato do fornecedor das transcrições (sem o acompanhamento das vozes nos diálogos). Os frequentadores mais competentes das tecnologias da informação e das redes sociais devem entrar em ação. A atuação dos setores técnicos oficiais é imprescindível.

Agora mesmo a TV Globo acaba de prestar um desserviço a essa diretriz. O Bom Dia Brasil divulgou os nomes de todos os cidadãos que tiveram seus celulares invadidos, só excluíram da identificação o nome de um jornalista da emissora. A omissão é intolerável. Quem pusder, deve expressar o seu protesto à emissora.

Agora vale o ditado popular: quem for podre que se quebre.

Discussão

15 comentários sobre “Toda verdade

  1. E as apodrecidas vísceras da corrupta elite e de seus asseclas exalam odores em praça pública. Viva as redes sociais!

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 13 de junho de 2019, 09:31
  2. Lúcio, será que poderias informar qual a maneira ética de tratar um caso como esse, sob a ótica do bom jornalista? A Rede Globo agiu corretamente (eticamente) ao rechaçar a proposta feita pelo jornalista Glenn Greenwald?

    Curtir

    Publicado por Victor | 13 de junho de 2019, 10:53
  3. Os “setores técnicos oficiais” no Brasil estão sob o comando de… Sérgio Moro. Realmente, dele devemos esperar toda verdade!

    Curtir

    Publicado por ponzi | 13 de junho de 2019, 14:25
  4. Acho que estar havendo uma inversão de valores no Brasil. Vão acabar mandando prender o MORO e soltar o LULA. Ô POVINHO SEM CULTURA E DESINFORMADA.

    Curtir

    Publicado por Pedra Moreira | 14 de junho de 2019, 09:15
  5. Estaria o Estado dentro do Estado, que pavimentava o caminho para a instalação de uma monarquia miliciana, sendo revelado? Como foi de imperiosa necessidade a chegada de Lula à presidência (e não ao poder), para que este país tivesse sua real história escrita.

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 14 de junho de 2019, 16:30
  6. reaviso aqui o nome do livro que comprova e demonstra a quem e porque a rede globo foi imposta à colônia: “a história secreta da rede globo”,escrito por um jornalista de uma competência e coragem cada vez mais rara na excomungada imprensa dos patrões e barões assinalados, revelador de uma das mais trágicas farsas contra a inteligência de quem nasceu aqui

    Curtir

    Publicado por felipe puxirum | 14 de junho de 2019, 21:08
  7. Os “setores técnicos oficiais” já confirmaram que toda a divulgação dos diálogos deriva de “comando das ações (…) exercido exclusivamente por hackers”, Lucio? Quando você ouviu, leu ou foi informado sobre isso em relação à confirmação técnica oficial?

    Curtir

    Publicado por Kleber | 15 de junho de 2019, 10:46
    • Vou só citar, para me poupar de, mais uma vez, ver citado o que eu não disse ou ignorarem o que efetivamente disse, a última declaração do Moro como chefe da Polícia Federal, que investiga o caso. Em declaração aos jornalistas, ontem, em matéria exibida por todas as emissoras de televisão, ele primeiro se referiu a “um haker”, corrigindo logo em seguida: “um grupo de hackers”. Infelizmente, não posso reproduzir a gravação, que não fiz. Aliás, em mais de meio século de jornalismo, raramente usei a arma de então: um prosaico gravador.

      Curtir

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 15 de junho de 2019, 10:55
      • Quando citado acima que os setores técnicos oficiais estão sob Moro, você disse que havia a carreira de Estado, sugerindo técnicos independentes a verificar a veracidade. Agora você diz que Moro – ele próprio o acusado – é que garante que somente Hacker está envolvido. Ora ora, o quanto Moro já mentiu e se contradisse somente nesse aperitivo inicial de conversas vazadas não recomenda que não se tome como verdade o que ele diz nesse episódio. Quem investiga o investigador?

        Curtir

        Publicado por Kleber | 15 de junho de 2019, 12:32
      • Oficialmente, a Polícia Federal, um dos órgãos estatais de carreira.

        Curtir

        Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 15 de junho de 2019, 12:39
      • Digno de nota: a Polícia Federal não apresentou qualquer relatório de investigação nem muito menos a conclusão da investigação. Acuado e até contraditório nas justificativas iniciais, Moro, de moto próprio, sem apresentar qualquer relatório assinado por perito da PF, é que determinou a tese já abraçada como verdade por este blog (“O comando das ações não pode continuar a ser exercido exclusivamente por hackers”).

        Curtir

        Publicado por Kleber | 15 de junho de 2019, 16:40
      • A PF está investigando em Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Um mesmo hacker?

        Curtir

        Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 15 de junho de 2019, 17:02

Deixe uma resposta para Kleber Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: