//
você está lendo...
Militares, Política

Hay gobierno?

O caso do sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues, preso em Sevilha, na Espanha, com 39 quilos de cocaína, é tão grave que o ministro da pasta, com ou sem o seu estado-maior, deveria ter ido à entrevista coletiva, realizada ontem, em Brasília. O ministro não foi, a entrevista durou pouco, interrompida sem que os principais pontos da história fossem esclarecidos, o major chefe da assessoria de imprensa tergiversou, quando questionado, depois de ler uma nota oficial superficial, e ficou a sensação de que os chefes militares continuam se considerando à parte de um governo civil, corporativos e refratários à transparência.

Não é qualquer um que chega a integrar a tripulação do avião reserva da FAB privativo da presidência da república. O sargento está no serviço há três anos. Passou, portanto, por três governos (Dilma, Temer e Bolsonaro). Ninguém começa a carreira de traficante transportando logo 39 quilos de cocaína, que custa mais de oito milhões de reais em São Paulo. Também não é súbita uma mudança de caráter que transforma um sargento qualificado em traficante internacional de drogas.

Como ele conseguiu entrar no jato da FAB com 39 quilos de cocaína na bagagem, os brasileiros só saberão em 40 ou 60 dias, com a conclusão do inquérito instaurado pela Força Aérea Brasileira. Até lá, a investigação seguirá em sigilo. Os espanhóis prenderam o militar tão logo ele desceu no aeroporto de Sevilha, sendo divulgadas as informações apuradas. Retratos de duas democracias – uma, a nossa, nem tanto.

Discussão

19 comentários sobre “Hay gobierno?

  1. Quem iria imaginar que uma das rotas internacionais para escoamento de drogas ilícitas seria uma aeronave oficial da Presidência da República do Brasil. Inacreditável……

    Contam lendas que aeronaves militares sediadas em organizações militares na faixa de fronteira com a Bolívia e Paraguai, com o acesso relativamente fácil a esses países, auxiliam, no escoamento de produtos eletrônicos, principalmente made in paraguai….

    Mesmo o crime ser inacreditável e a investigação descobrirá a infiltração da rede internacional do narcotráfico em aeronaves militares oficiais da FAB, bem que poderia revelar, sem tecer juízo de valor ou generalizações, se há nas demais forças: Exército e Marinha, semelhantes atos que ferem a doutrina castrense………

    Curtir

    Publicado por Thirson Rodrigues de Medina | 28 de junho de 2019, 14:14
  2. Resultado em 40 ou 60 dias? Ou seja, depois que os espanhóis divulgarem o resultado deles?

    Assim, não vale! Não quero mais brincar!

    E a declaração do general Heleno? Aquela da bola de cristal…

    Se a segurança do Bolsonaro é isso, ele não tem lá bons motivos pra dormir tranquilo.

    Bola de cristal? Tá pior do que a vidente do Collor… aquela que só conseguia “prever” os acontecimentos depois de acontecidos.

    O general da bola de cristal, nem acontecendo debaixo do nariz dele…A

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavaresl | 28 de junho de 2019, 14:41
  3. Esfaqueamento, esposa complicada, filhos complicados, Queiroz, coca na comitiva presidencial, reprimenda em alemão, francês, russo… tudo isso em menos de 1 ano!

    Sei não, mas… acho que o Bolsonaro tem pava! Que urucubaca, rapaz!

    Se bem que, fiel à tradição judaica, eu não sou supersticioso.

    Dá azar!

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavaresl | 28 de junho de 2019, 14:51
  4. Seria o Estado dentro do Estado?

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 28 de junho de 2019, 16:13
  5. E o Intercept está prometendo novidades pra hoje.

    Parece que o pessoal lá está fazendo, mesmo, aquilo que eu disse que faria, se tivesse esse material que o Intercept tem: soltaria uns foguetes brandos por uns dias. Quando os alvos começacem a relaxar, pensando qUe a munição tinha acabado…POW!

    A Moro & adjacências só restaria dizer que as gravações foram manipuladas… mas sem mover uma palha (ou seja, sem entregar o celular dele pra perícia) pra provar que houve alguma adulteração.

    Se ele ficar nisso — e parece que ficará — vai acabar dando na vista que está com medo de alguma coisa.

    Mas… medo de quê?

    Sei lá…

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavaresl | 28 de junho de 2019, 18:41
  6. governo?
    jornalismo?
    porque você, jornalista, não deixou o texto do benigno dias, que eu botei neste espaço antes de ver os comentários que estão aí?

    Curtir

    Publicado por felipe puxirum | 28 de junho de 2019, 20:58
  7. Muitíssimo estranho é o porta voz da aeronáutica não ter respondido, e até esquivou-se, da mesma pergunta, feita por mais de um dos jornalistas presente, referente ao procedimento de segurança, de praxe, adotado nesses voos da FAB! foi vergonhoso!

    Curtir

    Publicado por JoanaLope | 29 de junho de 2019, 09:11
  8. Tem procuradores no Paraná — e da Vaza Jato — que não confiam no Moro.

    Imagina eu…

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavaresl | 29 de junho de 2019, 09:13
  9. Agora tá ficando mais fácil demonstrar que a Intercept está manipulando arquivos.

    Basta que os procuradores entreguem seus celulares pra perícia.

    Se não entregarem, vai ficar claro que também não são dignos de confiança…

    Como o Moro…

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavaresl | 29 de junho de 2019, 09:17
  10. Onde está escrito = leia-se
    Começacem = começassem
    Sossobrados = soçobrados

    E por aí afora…

    O telefone entra de parceria no que eu escrevo. Geralmente piora!

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavaresl | 29 de junho de 2019, 09:23
  11. Presidente vazando ministro e ministro vazando presidente? Afinal, quem vai para a “Marcha com Jesus” e faz discurso de reeleição acusa que o super heroi da lava jato está ferido ou quem viaja para os EUA, coincidentemente quando estoura o escândalo de avião presidencial transportando droga ilegal….

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 29 de junho de 2019, 13:17
  12. Se qualquer bandido que acusar um cidadão, sem apresentar provas legitimas e os instrumentos usados à pericia legal, isto obrigá-lo a entregar toda sua vida intima e privacidade contida num computador ou smartfone, para devassa publica,será a total inversao de valores e derespeito a Constituicao, nao assinada pelos partidos que nem a assinaram em 1988, como o que sofreu impeachment e seus puxadinhos.
    O onus da prova cabe aos acusadores, que já demonstraram atraves de seu porta-voz, varios erros de edição.
    Interessante o link que acosto ao final.
    Com relação ao caso das drogas, o tráfico de drogas não tem limites.
    Mas o Presidente falou claramente que o personagem traiu a confiança de seus superiores hierárquicos; que responderá pelo feito, conforme a lei do Brasil e da Espanha e que lamentava que o ocorrido não tenha sido flagrado na Indonésia.
    Voces podem evitar que o cuidador de um idoso seu parente, faça algo errado abusando da sua confiança?
    Vejam:

    Curtir

    Publicado por Jab | 1 de julho de 2019, 18:12
  13. Interessante que no passado proximo, fizeram alianças com a Farc e trafico dos produtores da droga, e nenhum dos que apontam o dedo para o caso, contestou e esbravejou nas redes sobre o assunto.
    Desde 2005 qie o trafico de armas e drogas se ampliou, com a complascencia e interesses de grupos poderosos que comandavam o pedaço.

    Curtir

    Publicado por Jab | 1 de julho de 2019, 18:19
  14. Sugestão:

    “O Código de Processo Penal é claro: o juiz que aconselha uma das partes é suspeito, isto é, parcial;”

    https://jornalggn.com.br/artigos/caso-moro-dallagnol-so-desenhando-as-pessoas-entendem-por-henrique-kaster/

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 2 de julho de 2019, 00:40
    • luiz, este “jornalismo” defensor de falso catão só sobrevive mesmo às custa do cinismo, da hipocrisia e de desculpas nada nada éticas, jornalisticas e o mais, é eles nos obrigarem agora, a mudar o léxico sobre o que estar sendo dito neste blogue

      Curtir

      Publicado por felipe puxirum | 2 de julho de 2019, 09:45
  15. O cara pode ter pilotado pra Dilma e Temer mas o fato inegável é que traficou em avião presidencial no governo Bolsonaro. Quem seria doido ou burro de fazer isso? A menos que contasse com a devida complacência da estourage.

    Curtir

    Publicado por Gleydson | 2 de julho de 2019, 01:10
  16. e aí lúcio flávio pinto, continuas defendendo sérgio moro?

    Curtir

    Publicado por felipe puxirum | 2 de julho de 2019, 08:15
  17. É o famoso jeitinho brasileiro sendo revelado como prerrogativa da corrupta elite. Viva as redes sociais!

    Curtir

    Publicado por Luiz Mário | 2 de julho de 2019, 19:33

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: