//
você está lendo...
Justiça

“Mais iguais”

Procedimento Disciplinar Preliminar concluiu pela “existência de indícios de violação, em tese, de dever funcional” da “representante do Ministério Público, Exma. Sra. Dra. L. V. M.”, que atua em primeira instância no MPE.

Foi determinada a apuração em processo administrativo disciplinar dos fatos a ela atribuídos, em caráter sigiloso. Não foi dado, porém, o nome da promotora investigada, prática que, em toda carreira jurídica pública (e mesmo na sua extensão, a OAB), só é aplicada aos funcionários.

E a isonomia? E a igualdade de todos perante a lei? Só da porta do fórum para fora?

Discussão

2 comentários sobre ““Mais iguais”

  1. Interessante: “….Exma. Sra. Dra. L. V. M.”. Isso me causa “frouxos de riso”, como dizia o bordão de Paulo Gracindo, o Primo Rico, a Brandão Filho, o Primo Pobre, em velho programa humorístico da TV.

    Curtir

    Publicado por bernstil | 15 de julho de 2019, 15:05
  2. O Ministério Público, desde a Constituíção de 1988 ficou um órgão sem controle social algum. Só direitos.

    Dará um trabalhão consertar isto.

    Curtir

    Publicado por Mucura preta. | 15 de julho de 2019, 15:24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: