//
você está lendo...
Imprensa, Sem categoria

Até

Há algum tempo uma das principais fontes de angústia na minha vida é o jornalismo, meu ofício há 53 anos, iniciado aos 16 anos de idade e praticado com intensidade e paixão ininterruptas desde maio de 1966. Por várias vezes anunciei o fim do Jornal Pessoal ou deste blog, mas acabei voltando atrás e retomando o exercício da profissão. Infelizmente, porém, essa capacidade de renascer se exauriu. Meu médico voltou a me advertir que a composição de stress com ansiedade e angústia, que me dominam, é um veneno para um parksoniano, conforme fui diagnosticado.

Tenho tentado reduzir esses componentes, ao mesmo tempo genéticos, efeitos da função que exerço ou resultados da minha formação, mas os efeitos são inevitáveis no jornalismo crítico que pratico, especialmente num ambiente de extremismos, irracionalidades e absurdos, como o que estamos vivendo. Só há uma saída: suspender o jornalismo cotidiano, de linha de frente, de front mesmo. É o que faço neste momento, com profundo pesar, mas certo de ser a única maneira de conter o avanço acelerado da doença, como tem ocorrido recentemente.

Continuarei alimentando os outros blogs e utilizando este para inserir matérias que estão fora do universo digital, recuperando informações úteis que podem se perder. Talvez mantenha o Jornal Pessoal mensalmente. Espero contar com a compreensão e o acompanhamento dos leitores mais fieis.

Discussão

123 comentários sobre “Até

  1. Puxa vida.

    Lastimável.

    Curtir

    Publicado por celso.. | 17 de julho de 2019, 18:29
  2. Entendo teu conflito e me solidarizo com a tua dor. És muito mais que um jornalista; és um homem de muito valor, como nenhum outro que conheço. Tua decisão é acertada. Chegou o momento de cuidar de si. Com mais de 50 anos de jornalismo, deste tua contribuição para tornar este país menos injusto, enfrentando todos os desafios que te foram impostos. Jamais deixarás de ser jornalista; o jornalismo está impregnado em ti. Porém, podes fazer um jornalismo menos desgastante, que não prejudique tua saúde em demasia. Há tantos temas aguardando por tua intervenção, à espera da tua análise crítica e ponderada, que te permitam escrever num ritmo que não seja tão massacrante quanto está sendo este blog. Teu lugar está guardado no Sereno, onde serás fundamental. Te amo e sempre te amarei.

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Marilene Pantoja | 17 de julho de 2019, 18:42
  3. A JUNGLE não pode ficar sem voz

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Arlindo Carvalho | 17 de julho de 2019, 18:53
  4. Lúcio, me solidarizo com a tua luta incessante pelo bom jornalismo, pautado na ética e na busca da verdade. Estou sabendo agora, por ti, da doença que te acomete. Menos estresse e aflição ajudam a combatê-la, além de medicamentos. Pretendo te fazer uma visita e para a gente atualizar o papo. Fraterno abraço. Carlos Mendes.

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Carlos Mendes | 17 de julho de 2019, 19:17
  5. Leio com pesar esse texto, mas concordo com Marilene, você já fez uma contribuição relevante pra sociedade acho acertada sua decisão de desacelerar o ritmo de suas publicações para cuidar da saúde. Espero que você consiga melhorar seu estado de saude. Melhoras

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Pedro Igor Furtado | 17 de julho de 2019, 19:59
  6. Lúcio, tentei fazer um cimentario, mas a Internet cá em Salinas, apagou.
    O meu lamento não é só por ti; é por todos nós que perdemos o fulgor de tuas análises.
    Por experiência própria te aconselho a não relaxar no teu tratamento.
    Abraços

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Ronaldo Passarinho | 17 de julho de 2019, 20:47
    • Obrigado, Ronaldo. Nossas divergências nunca abalaram nossa amizade. Pelo contrário: na diversidade, cada um aprendeu a compreender melhor o outro. É assim que se aprende mais.
      .

      Curtido por 1 pessoa

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 17 de julho de 2019, 21:14
    • Lúcio , amigo .

      Quando li essa triste notícia me veio de imediato a lembrança quando nos conhecemos, na redação do Liberal, em meados dos anos 70: tu, já no Estadão, fazias matérias especiais, que eram publicadas nas edições de domingo, sob a supervisão do Sá Leal. Eu diagramava, mas antes lia, de cabo a rabo, cada linha das muitas laudas, ainda no papel retranca. Os temas já eram, quase sempre, das questões amazônicas.
      Desde lá aprendi a admirar a tua competência, dedicação e profissionalismo. Passados mais de 40 anos, minha admiração e respeito por ti só fez aumentar, mesmo discordando em algumas vezes de teus posicionamentos, sem que isso prejudicasse a relação de amizade e respeito, que só aumentou ao longo do tempo.
      Sei que todos sentiremos falta das tuas postagens nesse blog, mas é importante , claro, te dares mais atenção nessa hora e cuidar mais da tua saúde.
      Conte comigo.
      Forte abraço ,

      Curtir

      Publicado por Orly Bezerra | 18 de julho de 2019, 23:58
      • Obrigado, Orly, por lembrar, com um passado já remoto e intenso, o quanto já vivemos, numa amizade que tem resistudo a todos os testes. Ter a tua amizade é um patrimônio de imenso valor para mim – porque, sobretudo, de valor imaterial.

        Curtir

        Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 19 de julho de 2019, 09:55
  7. “Saúde é o que interessa.”, como dizia um personagem do Chico Anísio.

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Luiz Mário | 17 de julho de 2019, 21:14
  8. Lúcio, não sabia, lamento muito, mas compreendo tua decisão. Grande abraço deste amigo que te deve muito.

    Curtir

    Publicado por Ademar Amaral | 17 de julho de 2019, 22:04
  9. A minha revolta, grande Lúcio, ou inconformismo exarcebado ( será que existe isso? ) é essa doença não atingir de chapa esses ladrões do colarinho branco, chefes de tráfico, empresários inescrupulosos, agentes públicos nos malfeitos, pseudopolíticos enganadores da boa fé do povão, ” patores ” miseráveis ” que tomam o dinheiro suado do fiel de poucas ou nenhumas letras, pseudointelectuais sem honesto estudo, sem pensamento próprio, e por aí vai. Teu nome, tua palavra ação, há muito tempo, estão inscritos na história da Amazônia e do Brasil. És fonte segura e séria de informações e pesquisas aqui e lá fora. Amigo Lúcio, que tive e tenho o prazer de te conhecer, através da tua ação palavra, almejo que melhores mesmo, tomes rigorosamente teus remédios e o resto é, como diz outro ‘ secos e molhados no armazém ‘.

    Curtir

    Publicado por alce | 18 de julho de 2019, 00:36
  10. Eu Lamento. A Amazônia lamenta, mas a tua saúde, agora, é mais importante. Abraço.

    Curtir

    Publicado por Leal Kostav | 18 de julho de 2019, 07:54
  11. Ate as mais brilhantes estrelas se extinguem, dizem os astronomos.
    Sou grato pelo seu trabalho e coragem, impares no jornalismo paraense, onde vc é o verdadeiro maior-ana – o melhor de todos!

    Curtir

    Publicado por Melque Ribeiro | 18 de julho de 2019, 08:23
  12. Deus abençoe a tua saúde Lucio. Paz e graça especial dEle a tua vida.

    Curtir

    Publicado por jjss555js | 18 de julho de 2019, 08:31
  13. Meu amigo, irmão, colega de trabalho e parceiros de muitas jornadas. Acompanho silenciosamente esse seu dilema desde que os primeiros exames ja apontavam em direção a essa enfermidade. Sofro todos os dias junto contigo. Miguel Oliveira, portal OESTADONET

    Curtir

    Publicado por blogdoestado | 18 de julho de 2019, 09:55
  14. Saúde, Lúcio, e constância nos cuidados. Nada deve ser mais importante do que isso para ti agora.

    Curtir

    Publicado por Regina Alves | 18 de julho de 2019, 09:57
  15. Cuide bem de sua saúde Lúcio, mesmo sem mais poder dispor de sua intensidade investigativa, nos proporcionar bons momentos de reflexão sobre assuntos tão diversos, sobre os quais você domina com tanta competência.,

    Curtir

    Publicado por Cliff | 18 de julho de 2019, 10:27
  16. Força Lúcio! Você vai vencer msis essa batalha. Mas se cuida. A vida é mais importante que tudo.

    Curtir

    Publicado por Fátima Gonçalves | 18 de julho de 2019, 10:58
  17. Nossa Lúcio, que decisão coerente! Sua saúde, para quem te ama, verdadeiramente, está acima de qualquer compromisso profissional. Viva simplesmente a sua vida, de preferência junto das pessoas que te querem bem.

    Curtir

    Publicado por Marcia Pantoja | 18 de julho de 2019, 11:02
  18. Que triste notícia! Mas que seja uma decisão que favoreça tua saúde!

    Curtir

    Publicado por Mário Médice Barbosa | 18 de julho de 2019, 11:16
  19. Lúcio, você um patrimônio vivo do mundo por todo o seu legado. “Referência” e “mestre” é o que se pode dizer de você, no mínimo. Sou seu admirador e fã. Aquele abraço!

    Curtir

    Publicado por JR Rodrigues | 18 de julho de 2019, 11:25
  20. Não tenho dúvida, caro Lúcio, de que a imprensa brasileira, ao tomar conhecimento de seu estado de saúde impondo o afastamento – espero que temporário- desta página, todos lacrimejam pois
    têm consciência de que fará uma falta indescritível.Mas, meu caro, vc voltará em breve. Saúde e paz!

    Curtir

    Publicado por José de Arimatéia M. da Rocha | 18 de julho de 2019, 11:30
  21. A republicação do já escrito é muito importante, inclusive ajuda a entender o motivo de termos chegado ao ponto em que chegamos na Amazônia e Brasil atuais, penso que só isso já é grande contribuição do jornalista nesse momento complicado da vida. E não o desgastará tanto como a reportagem na boca do forno, ainda mais agora, em momentos intolerantes. Boa sorte na sua recuperação Sr. Lúcio.

    Curtir

    Publicado por Everaldo | 18 de julho de 2019, 11:44
  22. Jornalismo sério que me fará muita falta, mas, obviamente, a saúde é um bem maior.

    Curtir

    Publicado por CRISTINA | 18 de julho de 2019, 11:54
  23. Te cuida, Lúcio, a vida é o nosso bem mais importante!

    Curtir

    Publicado por Dulce | 18 de julho de 2019, 12:40
  24. Querido. Dias melhores virao. O guerreiro das palavras deve se dar um tempo para saude. Vou estar torcendo para q tratar com sucesso sua doenca. Use a mddicina ancestral. Cannabis faz bem para a situacao. Avente atras de manter nossa saude fisica e mental. Abraço

    Curtir

    Publicado por Claudia Kahwage | 18 de julho de 2019, 13:22
  25. Caríssimo, no frio aqui do sul receber tal noticia entristece. Em 2004 conversamos sobre os padres do Araguaia, te citei em inúmeros textos, como minha principal e lúcida referência sobre a Amazônia. Só posso te dizer gratidão e desejar saúde e bem estar. Grande abraço.

    Curtir

    Publicado por Antonio Carlos Teles | 18 de julho de 2019, 13:52
  26. Cuida da saúde, amigo. Isso é que é importante. O que já fizeste pela Amazônia é gigantesco. Que outras vozes tenham a mesma coragem.

    Curtir

    Publicado por Edyr Augusto | 18 de julho de 2019, 15:07
  27. Lúcio.
    Registro a minha tristeza com o fato, mas, no momento, a saúde fala mais alto. Bem mais alto mesmo.
    Nós, ou teus leitores, agradecemos a cada preciosa informação que nos deste ao longo de tua intensa atividade profissional.
    Foste, com certeza, responsável pela formação de uma legião de leitores ávidos por notícias com credibilidade, de um jornalista ímpar, que combateu o bom combate.
    Cuide-se. Recupere-se. E não nos deixe órfãos de uma das penas mais talentosa que já li na vida.
    Estimo-te a recuperação possível e plena.
    Luiz Neto

    Curtir

    Publicado por Luiz Neto | 18 de julho de 2019, 15:28
  28. Caro Lúcio, tua inteligência cintilante, tua integridade moral e teu idealismo jamais fenecerão, mesmo diante das adversidades físicas que tens enfrentado.
    Tenho certeza de que a redução de tua atividades, em decorrência de limitações impostas por tuas condições de saúde, não abalará a imagem de tua trajetória jornalística como uma referência das mais gratificantes, sobretudo para os que, como nós, escolheram o jornalismo como profissão.
    Forte abraço. E força sempre!

    Curtir

    Publicado por Paulo Bemerguy | 18 de julho de 2019, 15:32
  29. Meu professor querido, a quem tanto estimo. Queria estar no Brasil para poder te visitar e passar uma tarde contigo a conversar, a falar de jornalismo, desses tempos estranhos, de literatura. Sabes o quanto admiro teu valor e tua coragem, tua dedicação profissional e talento. Faz o que for melhor para ti, cuida da tua saúde, aproveita o teu tempo. Todos nós somos teus devedores. Um abraço cheio de saudade aqui de longe. Se quiseres vir descansar na ensolarada California, onde há flores num verão delicioso, cá temos um lugar para ti. Tem até açaí, veja só. Com amor,
    Soninha

    Curtir

    Publicado por soniazaghetto | 18 de julho de 2019, 15:43
  30. O que desejo é que você consiga manter uma boa qualidade de vida. Suas informações, mesmo que mais esporádicas, serão de grande importância.

    Curtir

    Publicado por Ricardo Condurú | 18 de julho de 2019, 15:56
  31. Muita saúde pra ti, Lúcio. Sentirei imensa falta das tuas informações que tanto me ajudaram a entender a nossa Amazônia. Grande abraço!

    Curtir

    Publicado por Walena Brasil | 18 de julho de 2019, 16:33
  32. Fui seu leitor assíduo por duas décadas. Hoje já com menos assiduidade, mantenho a clareza de sua contribuição social nesta Amazônia de todos nós.

    Obrigado, obrigado, obrigado!

    Saúde!

    Curtir

    Publicado por Ronaldo Mendes | 18 de julho de 2019, 16:47
  33. Lúcio, desejo que enfrente a doença com a mesma força que faz de você um jornalista respeitado e admirado por tanta gente! Saúde e um forte abraço!

    Curtir

    Publicado por Ronaldo Penna | 18 de julho de 2019, 17:19
  34. Lúcio, não acho que o seu problema seja diretamente relacionado com a produção dos blogs e do JP. Você já é um profissional consagrado e a dificuldade do setor é pública e notória. A internet não precisa ser e não é mais um meio de comunicação que necessite da aprovação das elites. Não há porque você ser tão angustiado. Sinta-se livre. Talvez o mundo nem sinta a falta dos seus trabalhos mais elaborados, mas tem muita coisa em você que é espontânea, simples, ao alcance de qualquer um e super importante, como a sensibilidade incomum que você demonstra em relação a casos de violência contra a pessoa humana; que para mim foram os melhores textos porque simplesmente ficaram gravados. Permita-se.

    Curtir

    Publicado por J.Jorge | 18 de julho de 2019, 17:20
  35. Caro Lúcio, é com muito pesar que recebo essa notícia, a pessoal da doença, e a profissional, infelizmente intimamente a ela ligada. Receba o mais caloroso abraço solidário e comunique por favor, se há alguma outra forma com a qual possa contribuir para manter viva a sua impagável atividade jornalística.

    Curtir

    Publicado por Sandro | 18 de julho de 2019, 17:38
  36. Admirador de I. F. Stone, Lúcio está entre os grandes do jornalismo brasileiro: Paulo Bittencourt, José Hamilton Ribeiro, Marcos Sá Corrêa, Roberto Guzzo. Uma paixão de Romeu por sua profissão. Não tivesse optado pelo retorno a sua (pobre) aldeia, ainda estaria brilhando no cenário nacional. Lamento profundamente por seu estado de saúde. Cativos de seu talento, perderemos todos com sua ausência; não importa, o essencial e que lute e supere esses momentos de dificuldades. Minha solidariedade ao amigo e bravo jornalista com a reiteração do meu apreço.

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Alcides | 18 de julho de 2019, 17:46
  37. Lúcio querido! Jamais permita que a esperança se desvaneça do seu espírito, e acredite com todas as suas forças que irá superar esse momento. Deus estará sempre ao seu lado, lutando com você, tenha fé! Beijão no coração! Papy

    Curtir

    Publicado por Papy Leite | 18 de julho de 2019, 19:10
  38. Querido !!!

    Eu realmente sinto muito ; vc nos fará grande falta …. ninguém até o momento teve a sua coragem e empenho , pelo menos que tenha se apresentado a público …..

    Todo o meu respeito ,

    Afonso Marçal
    GULLA’S
    marcal.afonso55@gmail.com

    Curtir

    Publicado por Afonso Marçal | 18 de julho de 2019, 19:15
  39. Desejo muita saúde a você estimado Lucio. Meu forte e saudoso abraço aqui de longe

    Curtir

    Publicado por jmbsouza | 18 de julho de 2019, 19:23
  40. De sua maestria no exercício do jornalismo muita gente vai falar, e com toda razão. Sou grata por tudo que escrevestes e pela seriedade com que fez. Mas vou falar de outra coisa: de sua generosidade. Quero agradecer pela paciência e carinho nas poucas vezes em que nos encontramos. Quero agradecer por ter me ensinado muito. Mando-lhe amor e desejo de que se cuide. Um abraço imenso.

    Curtir

    Publicado por Patricia Cornils | 18 de julho de 2019, 20:20
  41. Querido Lúcio, antes de tudo, desejo que fiques bem de saúde. Torço por isso. E, cá do meu lado, quero agradecer pelos teus ensinamentos, naquelas gloriosas e calorentas tardes de ensinamentos no campus básico da UFPA. Devemos muito a ti e minha gratidão ao que aprendi contigo é para sempre. Força, mestre!

    Curtir

    Publicado por Dede Mesquita | 18 de julho de 2019, 20:45
  42. Caro Lucio,
    Imagino o quanto de dor essa decisão deve ter provocado em ti, após mais de meio século de atividade jornalística cotidiana.
    Foi contigo que aprendi o amor pela notícia bem apurada e o respeito aos fatos, esse doloroso e saboroso labor diário de todo repórter.
    Que esse passo atrás seja apenas uma pausa para que recuperes a estabilidade e possas retornar à rotina com redobrado vigor e inteligência que te caracterizam.
    Receba o abraço desse teu aluno.

    Curtir

    Publicado por Aldenor Araujo Junior | 18 de julho de 2019, 20:55
  43. Saúde! Muito grata pelo seu jornalismo verdadeiro.

    Curtir

    Publicado por Maria Peres | 18 de julho de 2019, 22:25
  44. Saúde! Muita saúde! Parabéns pela brilhante vida profissional. Muito grata pelo seu jornalismo verdadeiro.

    Curtir

    Publicado por Maria Peres | 18 de julho de 2019, 22:31
  45. Muito triste amigo. Uma referência do jornalismo contestador da Amazônia e internacionalmente. Desejo muita saúde e vida longa. Estivemos sempre na mesma vizinhança quando solteira morava perto da casa do saudoso Walter Bandeira. Depois
    Casada com Januário Guedes morava na Piedade entre O’ de Almeida e a sua rua. Quantas vezes nos cruzamos . Além do
    Fórum de debate permanente.
    Desejo muita saúde e vida longa.

    Curtir

    Publicado por Bistrô Lisieux | 18 de julho de 2019, 23:01
  46. Como??? “ATÉ”… e eu pensando no almoço…
    Para um jornalista como tu vai ser muito dificil, alias, será um esforço enorme, não prestar atenção as coisas que vão continuar acontecendo e que tens intenção de ignorar… de não opinar…de não escrever algo a respeito.
    Se é necessario para tua saude, que o esforço que faras não seja mais uma nova fadiga… mas tenho impressão que será muito dificil. Não podes cancelar, assim, algo que faz parte de ti, que é a tua vida.

    Te cuida.. e me avisa se devo preparar o almoço.
    In bocca al lupo, como dizem os italianos.

    Curtir

    Publicado por Dulce Rosa Rocque | 18 de julho de 2019, 23:16
  47. Uma pena, Lúcio!
    Mas, se é pra cuidar da saúde, que assim seja.
    Tua contribuição pro jornalismo e pro nosso estado nunca vai ser menor.
    Continuo acompanhando o blog.
    Te cuida!
    Abraço.

    Curtir

    Publicado por Antonio Jinkings | 19 de julho de 2019, 00:28
  48. Millôr, Mainardi e vc foram minhas referências quando trabalhei em jornal em Conceição do Araguaia/PA; porém a ameaça por telefone público, com voz de idosa, ao perguntar como estava minha mãe, me fez parar.
    Jornal Pessoal foi minha referência e consegui com a coluna Efeito Borboleta provar crimes e impedir prefeito de se reeleger antes da Lei da Ficha Limpa.
    Por ter pago um preço nas perdas de oportunidades, elevação de neuroses etc prejudiciais, sei um pouco como se sente.
    Tentei vender o JP em Redenção/PA, doei vários e guardo o último “Quando ele incomoda”.
    Como sei que não vai parar de tudo, reforço para fazer um canal no YouTube com legenda em inglês.
    A vida é o bem mais importante, só há uma!
    Faz tempo que te falo para parar e ir para Europa.
    Tua missão foi executada com perfeição, haja vista a premiação, o reconhecimento e tua consciência ao te reportar.
    Se precisar daquela planta que usam contra tal mal, agora não lembro o nome dela, eu consigo aqui na região e aí em Ananindeua.
    Saúde e paz!

    Curtir

    Publicado por Erick Matheus Vieira | 19 de julho de 2019, 01:17
  49. Lúcio Flávio Pinto com seu Jornal Pessoal possibilitou à sociedade paraense e amazônica reflexões, análises e informações de qualidade, algo singular. Espero que a sua saúde melhore e que seu trabalho permaneça na memória.

    Curtir

    Publicado por Harlon Romariz | 19 de julho de 2019, 06:52
  50. Muito obrigado pela generosa e bacana acolhida.

    Curtido por 1 pessoa

    Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 18 de julho de 2019, 16:43

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: Lúcio Flávio Pinto faz texto emocionante e se despede do jornalismo - Bacana.news - 18 de julho de 2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: