//
você está lendo...
Cidades, Polícia, Violência

Violência

Ao ver as imagens do conflito ocorrido na saída de um baile funk em Paraisópolis, a maior favela de São Paulo, na madrugada de hoje, me veio automaticamente à lembrança o que aconteceu no massacre de Eldorado do Carajás, mais de 23 anos atrás, que resultou na morte de 19 integrantes do MST. Em ambos os casos, tropas da PM, encarregadas de reprimir a manifestação dos sem-terra, que bloqueavam a BR-155, cercaram os manifestantes pelas duas saídas de que eles dispunham.

Uma tropa que interveio primeiro no local recuou ante a investida agressiva dos posseiros. Tiros de fuzil e metralhadora foram dados para o alto, como ato intimidatório e dissuasivo. A segunda tropa chegou pelo outro lado nesse momento, já atirando diretamente. O vídeo foi gravado sobre o primeiro cenário, documentando apenas a ofensiva dos manifestantes. A matança ficou sem esse registro.

Em Paraisópolis, favela separada do bairro nobre do Morumbi por um enorme muro, a PM cercou os participantes do baile. Qualquer que tenha sido a origem da ação dos militares, ainda controversa, eles tinham aquele conjunto de jovens inteiramente à sua mercê, como tinha a tropa da PM do Pará. Podiam prender e imobilizar quem quisesse. Mas continuaram a praticar violências, desnecessárias, como costumam fazer nesses momentos.

O resultado foi trágico, produto de um abuso de poder, da falta de treinamento adequado e do permanente ajuste de contas das forças repressivas com seu alvo principal, os tais “três pês”, os excluídos do direito e da lei, num beco sem saída entre a ordem (e desordem) institucional e a ordem (ou desordem) criminosa, num permanente choque cuja brutalidade não tem limites.

Discussão

4 comentários sobre “Violência

  1. No caso de Eldorado, o vídeo comprova, que a PM foi atacada, porém agiu com total despreparo.

    Curtir

    Publicado por bernstil | 2 de dezembro de 2019, 08:52
  2. É interessante que a matança ficou sem registro.

    Curtir

    Publicado por bernstil | 2 de dezembro de 2019, 08:55

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: