//
você está lendo...
Justiça, Política

Sem sigilo

O Ministério Público retomou a investigação sobre o senador Flávio Bolsonaro, autorizado pelo STF o compartilhamento das informações fiscais e bancárias, como as que o antigo Coaf enviou ao MP. Ruiu a obstrução do presidente da corte, Dias Toffoli, que protegia o filho do presidente da república. Como a apuração das irregularidades constatadas saiu da relação entre órgãos do executivo, entrando no sistema de justiça, o sigilo deveria ser quebrado. Mas não foi. Deveria prevalecer a regra de ouro: se há dinheiro público envolvido, incluindo fraude fiscal e tributária, o processo sempre deveria ser público.

Discussão

3 comentários sobre “Sem sigilo

  1. Mais um motivo para alimentar a paranoia persecutória dos asseclas do Capitão Boçal.

    Curtir

    Publicado por rafael gomes araújo | 9 de dezembro de 2019, 09:01
  2. Tenha uma ótima semana,Lúcio.Quando puderes receber visitas,avisa-me.
    Boa recuperação.

    Curtir

    Publicado por rafael gomes araújo | 9 de dezembro de 2019, 09:31

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: