//
você está lendo...
Política, Religião

O bagre de Bolsonaro

Ao reafirmar como posição do seu governo isolar apenas as pessoas do grupo de risco do coronavírus e liberar as demais para retornar às atividades normais, o presidente Jair Bolsonaro admitiu que se essa política não der certo, o resultado cairá no seu colo.

O raciocínio faz pensar em frase semelhante do então presidente Lula, ao reagir às críticas feitas às duas hidrelétricas do rio Madeira, em Rondônia (Santo Antônio e Jirau), que, entre outros problemas, iriam prejudicar a reprodução de peixes. Ele usou a mesma metáfora: não aceitava jogarem bagres no seu colo.

Convenhamos que o que cairá no colo de Bolsonaro se a covid-19 continuar a se multiplicar, contagiar, hospitalizar e matar pessoas, incrementando essa incidência com o isolamento vertical, seletivo,será muito mais do que bagres. Será uma bomba capaz de devastar o Brasil. E reduzir a pó o significado de Bolsonaro na história nacional.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: