//
você está lendo...
Educação, Governo

Destino

O futuro-quase-ex ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, deverá ter mais problemas se não assumir o cargo. Obrigando o governo ao qual pretendia servir a descartá-lo, incorporando mais um grande desgaste, Decotelli poderá ser indiciado por três crimes (ao menos por ora, em tese): falsidade ideológica (ostentar os títulos que não tem), falsificação de documento (através de diploma ou currículo Lattes inverídicos) e estelionato (caso  tenha conseguido vantagens nos cargos públicos que ocupou graças à sua titulação falsa).

Quanto mais tenta negar os fatos, apostando na sua capacidade de continuar enganar a todos com conversa fiada, mesmo que bem posta, mais ele atrai as investigações e, dependendo das “inverdades” que apresentou, mais se aproxima de uma denúncia em juízo. Ou de várias.

Melhor admitir a culpa, pedir perdão e desaparecer.

ACRÉSCIMO

Esta façanha Decotelli pode incluir sem susto no seu currículo: entregou o cargo de ministro da Educação antes de ser empossado. O governo Bolsonaro tem direito à partilha no feito. Qual será o próximo?

Discussão

13 comentários sobre “Destino

  1. É “o-futuro-quase-ex-ministro”, ou “o-futuro-ex-quase-ministro”?

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavares | 30 de junho de 2020, 13:27
    • A ordem dos fatores não altera o produto.

      Curtir

      Publicado por Lúcio Flávio Pinto | 30 de junho de 2020, 14:12
      • Lúcio, no estrangeiro seriam mais crimes, inclusive o plágio, que lá fora já rendeu casos de suicídio dentro da comunidade universitária após a desmoralização do autor, mas que no Brasil não chega a tanto.

        Curtir

        Publicado por J.jorge | 30 de junho de 2020, 14:32
      • Não preciso dizer que a universidade da Argentina, da Alemanha e no Brasil fizeram desmentidos, a própria FGV disse que ele não era professor efetivo.
        J.Jorge o suicídio deve ter vários fatores como toda essa evidenciação. Mas principalmente para pessoas com que foram corretas que tendo convicção do que fizeram foram denegridas. Quem mente sabe da mentira que conta e deveria saber dos riscos que se corre com ela. Trambiqueiros sabem do que não vem com esforço. Não creio. Mas a culpa não seria da imprensa por que não há inverdades erros nas de reportagem que comprometessem uma a integridade de sua reputação. Qualquer fatalidade seria consequências do próprio Decotelli.

        Curtir

        Publicado por Fabrício. | 30 de junho de 2020, 18:02
  2. Caro Lucio

    Que vergonha!
    Qdo se vê a luta que os homens negros travam vem um certo Decotelli arruinar tudo.

    Curtir

    Publicado por Agenor Garcia | 30 de junho de 2020, 14:21
  3. Depois de passar um tempo pondo a culpa na aluna e coautora, o Moro finalmente admitiu ter cometido plágio num trabalho técnico que ele publicou recentemente.

    Até anteontem, ele enrolava falando em “falha tecnica” cometida pela aluna…

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavares | 30 de junho de 2020, 16:05
  4. Tá nas redes:
    Diretora da Escola Coelhinho Feliz revelou que o Decottelli não concluiu a Educação Infantil.

    Ele foi reprovado no Jardim I, por não ter concluído a pintura do desenho da Mônica.

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavares | 30 de junho de 2020, 17:27
  5. Testagens estaduais e municipais:

    Um casal de amigos que esteve internado por causa da covid testou negativo agora para a covid numa escola pública do bairro, 5 semanas depois.

    Os acometidos que se submeteram a tratamento hospitalar podem ter tomado altas dosagens de corticóides e aí vem a dúvida se este benefício (sair da crise imunológica gravíssima) poderia interferir na imunização permanente contra o vírus – ou se isto acontece mesmo entre os não tratados com corticóides em hospitais.

    A testagem rápida busca evidenciar a presença de anticorpos anti-covid na circulação sanguínea; nos primeiros dias do contágio ela não é eficaz, porque os tais anticorpos ainda não tiveram tempo de serem produzidos, processo que vai iniciar depois da primeira semana e ganha intensidade no final da segunda.

    Se estado e prefeitura coletarem informações sobre pessoas previamente tratadas com corticóides em hospitais, podem produzir um valioso estudo.

    Curtir

    Publicado por J.Jorge | 1 de julho de 2020, 08:24
  6. Vai entrar para o anedotário político como a “Viúva Porcina” do governo do “mito”.

    Curtir

    Publicado por Wilton Almeida | 1 de julho de 2020, 09:19
  7. E o Doutor Honoris Quase se foi.

    Agora é ex-quase-ministro.

    É a imagem viva da falta de critério do Bolsonaro.

    E um enorme out door da incompetência da área de inteligência desse desgoverno.

    Antes de divulgar um nome para possível nomeação para um ministério, o presidente tem que ter uma biografia checada e rechecada do dito cujo. A menos que seja velho conhecido.

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavares | 1 de julho de 2020, 11:14
  8. O desgoverno Bolsonaro parece que não tem àrea de inteligência.

    E, onde falta inteligência, sobra burrice.

    Curtir

    Publicado por Elias Granhen Tavares | 1 de julho de 2020, 11:17
  9. o povo subgente brasileiro merece, não só esse engodo de ministro, mas essa enganação que chamam de educação: mais taca nele!

    Curtir

    Publicado por felipe puxirum | 1 de julho de 2020, 13:20
  10. Sr. Lúcio Flávio, ostentar título que não tem é usual e “cultural” no nosso Brasil. Quantos Médicos, Advogados,
    Odontólogos, etc… se intitulam “Doutor” e na verdade só tem graduação.

    Curtir

    Publicado por Antonio M. Rocha. | 2 de julho de 2020, 09:24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: