//
você está lendo...
Esporte

Pelé: gênio

Se o gol é a razão de ser do futebol, não há termo de comparação entre Maradona e Pelé. O jogador brasileiro marcou três vezes e meia mais gols do que o argentino: 1.282 gols em 1.375 jogos. A média foi de 0,93 por partida. Maradona fez 365 gols em 695 jogos, com média de 0,52.

Por títulos também a diferença é conclusiva. Pelé participou de quatro copas do mundo, vencendo em três delas. Maradona só levou um troféu, mais um vice-campeonato. Em outros títulos, como os estaduais, Pelé se distancia ainda mais.

Os resultados únicos resultaram da visão periférica que Pelé tinha (e Maradona, não) e do fato de ele ser um atleta perfeito para o futebol, o melhor atacante de todos os tempos com a camisa 10, que se tornou a mais disputada a partir dele, mas competente em qualquer posição que ocupasse dentro das quatro linhas. Até no gol.

Chutava com os dois pés, alcançava altura de saltador, seu cabeceio equivalia a um chute, dava todo tipo de drible, era excelente lançador de bolas para os companheiros, oito centímetros mais alto do que Maradona, mais musculoso. Um porte físico perfeito. Uma agilidade fenomenal e um raciocínio rapidíssimo.

Para mim, o maior jogador de futebol do mundo até hoje – e, talvez, até sempre. Maradona foi grande, monumental. Uns degraus abaixo de Pelé. O único gênio do futebol.

Discussão

6 comentários sobre “Pelé: gênio

  1. Concordo plenamente

    Curtir

    Publicado por cliff | 28 de novembro de 2020, 12:46
  2. Caro Lucio

    Concordo contigo. No futebol não reina outro senão Pelé. Para nossa desgraça como corintianos. Contra o meu Timão ele não deixava por menos. Ficamos mais de uma década sem ganhar do Santos.
    Vi esse cara jogar bola. Era o bom.

    Curtir

    Publicado por Agenor Garcia | 28 de novembro de 2020, 14:07
  3. Há um errinho aqui neste texto…Considero também o Pelé o melhor jogador de futebol do mundo, não só pelo numero de gols que marcou, mas também pela personalidade, pelo exemplo edificante de vida que transmite aos jovens…mas o errinho é justamente na média de gols…Pelé marcou 1282 gols em 1375 partidas, ou seja quase UM gol por partida…mais precisamente a média de 0,93 gols por partida….A média de Maradona foi de quase meio gol (isso existe?) por partida, ou praticamente a metade de Pelé…

    Curtir

    Publicado por roberto breves vianna Vianna | 28 de novembro de 2020, 16:27
  4. Pelé é incomparável. Lamentavelmente, por ocasião de seus recentes 80 anos e agora na morte de Maradona, o Rei foi esculhambado a partir de comparações das posições políticas – um erro crasso que não separa o homem da obra.

    Curtir

    Publicado por Sérgio Buarque de Gusmão | 1 de dezembro de 2020, 21:18

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: