//
Arquivos

Arquivo para

Marketing agressivo

O marketing do governador Helder Barbalho é agressivo. Às vezes coerente com seu objetivo. Às vezes o extrapolando. É o caso da colocação da logomarca do governo nos cilindros de oxigênio hospitalar enviados para o interior do Estado. Deveria ser preservado integralmente a cor verde, que é uma exigência internacional de padronização desses objetos, hoje … Continuar lendo

Lula livre?

A Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, publicou hoje esta nota: “Ganha corpo no meio jurídico tese alternativa capaz de cravar a suspeição de Sérgio Moro, porém sem devolver os direitos políticos a Luiz Inácio Lula da Silva. No STF, por exemplo, alguns ministros entendem que, pelo fato de a condenação … Continuar lendo

Novo Pré-Sal?

Reproduzo, a seguir, matéria do site epbr. _________________ Estudo aponta “novo pré-sal” na Bacia do Pará-Maranhão com 30 bilhões de barris porFelipe Maciel Um estudo está indicando a possibilidade de existência de 20 bilhões a 30 bilhões de barris de óleo em recursos prospectivos recuperáveis riscados, um potencial do porte de um “novo pré-sal” na … Continuar lendo

No caminho do abismo

Donald Trump acabou nos Estados Unidos, mas continua a orientar telepaticamente o Brasil. Com a ascensão de Joe Biden à Casa Branca, os Estados Unidos se distanciam cada vez mais do Brasil. Não por uma diretriz específica do novo presidente americano, mas como efeito dos novos rumos que ele está ditando para o seu país. … Continuar lendo

Tem jabuti no texto?

Em outubro de 2017, Romulo Maiorana Júnior foi destituído do comando do grupo Liberal de comunicação por seus irmãos, liderados por Ronaldo Maiorana. No ano seguinte, o litígio judicial que se seguiu chegou ao fim com um acordo entre as partes. O grupo, que sempre esteve politicamente ao lado dos tucanos, sendo favorecido por isso … Continuar lendo

De volta

Até ontem, o ministério da Saúde tinha transferido para outros Estados 320 pacientes da covid-19 que estavam hospitalizados em Manaus, com a rede hospitalar em colapso total. Precisava transferir mais 1.180 para que não morram mais 1.300 pessoas internadas na capital do Amazonas durante o mês de fevereiro, no mínimo 80 por dia se o … Continuar lendo

Marca do governo

Se a média de janeiro se mantiver, o Brasil ultrapassará 10 milhões de casos de coronavírus e 250 mil mortes causadas pela doença antes de fevereiro acabar. Sem dúvida, pode-se dar o devido crédito: é uma obra do governo Bolsonaro.

Tem sangue na edição

A expectativa de que o Diário do Pará pudesse dar um tratamento editorial mais respeitoso ao seu noticiário policial era uma vã ilusão. Hoje, o tabloide de sangue do jornal da família Barbalho voltou a publicar fotografias de pessoas assassinadas com o destaque mórbido e sensacionalista de sempre. Além do cadáver da primeira página, uma … Continuar lendo

Quem matou Fernando?

Os conflitos fundiários são complexos. Sua origem obscura ou controversa gera tensão, violência e morte. Os desfechos sangrentos voltaram a se tornar frequentes. É sinal de que o poder público não está agindo satisfatoriamente, ou sequer está agindo. O vácuo de arbitragem, mediação, esclarecimento e solução é um estímulo a novas violências e arbitrariedades. As … Continuar lendo

Banpará aposenta compulsoriamente

Mais de 40 funcionários do Banco do Estado do Pará amanhecerão hoje desligados da atividade na instituição. No dia 26, o presidente do Banpará, Barselino Carlos de Assunção Sousa da Silva, assinou um comunicado da diretoria informando que os empregados que completaram 70 anos de idade e tivessem, no mínimo, 180 dias de contribuição previdenciária, … Continuar lendo