//
Arquivos

Arquivo para

A história como drama e farsa

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro convocou o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, para lhe pedir o cargo, do qual disse que ia necessitar. Azevedo era um dos raros remanescentes do início da gestão Bolsonaro, comandante de um autêntico exército Brancaleone. Mesmo assim, o encontro durou apenas três minutos. Ao sair pela última … Continuar lendo

Na casa grande

A regra geral nas trocas sistemáticas que Jair Bolsonaro faz no seu ministério é o anonimato. Sabe-se tanto sobre o ministro que sai quanto sobre o que entra: quase nada – por ser o quase nada o que eles têm a apresentar. Estão muito longe de ser pessoas públicas, de notória capacidade nos setores para … Continuar lendo

A mina de livros

Muito choro já rolou e muitos epitáfios já foram escritos sobre o fim do mais antigo sebo do Rio de Janeiro e dos maiores que houve no Brasil., 85 anos após seu surgimento Não vou recontar histórias já sabidas e informações já expostas. Senti no coração e na mente a má notícia. Comecei a frequentar … Continuar lendo

Vacinômetro

O Repórter Diário, a principal coluna do Diário do Pará, informa, hoje, que a secretaria de Saúde criou o Vacinômetro, “ferramenta que permite acompanhar se as doses enviadas aos municípios estão sendo aplicadas e beneficiando o público-alvo”. A iniciativa é para “garantir a veiculação de todas as informações sobre a campanha de vacinação no Estado”. … Continuar lendo

Parabéns a todos

Escrevi um livro no ano passado (Amazônia, o inferno no paraíso) com a descrição de mais de 80 assassinatos, ocorridos principalmente na região metropolitana de Belém, ao longo de mais de cinco anos. Em 136 páginas, que suponho de fluente leitura, quis mostrar os dramas pessoais por trás dos números e da abordagem policialesca e … Continuar lendo

O que vai pelos quartéis?

O governo do general Emilio Garrastazu Médici, que durou quatro anos e meio (entre outubro de 1969 e março de 1974), é considerado o auge da ditadura militar. No entanto, cinco meses depois de assumir o cargo, ao pronunciar a aula inaugural dos cursos da Escola Superior de Guerra, ele foi autor de uma das … Continuar lendo

Tucuruí: e se a barragem se romper?

Tucuruí: e se a barragem se romper? Moradores da cidade, ao circularem, na semana passada, pelo túnel que dá passagem pelo interior da hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, a quarta maior do mundo, distante 16 quilômetros da sede municipal, observaram a existência de infiltrações na parede lateral da barragem de concreto. Assustados, fizeram circular pelas … Continuar lendo

Entrevistas por Cristina

Reproduzo o press release do lançamento do novo livro de Cristina Serra. _______________ Jornalista Cristina Serra lança livro “Entrevista” Novo livro da escritora traz entrevistas com grandes nomes da literatura brasileira “Entrevista” (Kotter Editorial) é o novo livro da jornalista e escritora Cristina Serra nos apresenta 12 entrevistas com romancistas e poetas brasileiros, feitas nos anos 1980, quando … Continuar lendo

O circo do STF

Partilho a opinião de Catharina Rochamonte, em artigo publicado na edição de hoje da Folha de S. Paulo. Só faltou acrescentar que o circo é de Gilmar Mendes, mas os palhaços somos nós. O circo de Gilmar Mendes Ministro deu chilique em voto no qual declarou parcialidade do ex-juiz Sergio Moro As instituições da República … Continuar lendo

Memória – Música para dançar

Não foi permitido o traje branco na festa dançante de fim de ano dos engenheiros que se formaram em 1955. Só quem estava a rigor podia valsar ao som do “conjunto de boite” de Guiães de Barros, no Pálace Teatro. A festa dos humanistas do Colégio Moderno no mesmo ano, apesar de ser na Assembleia … Continuar lendo